O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) denunciou ao Ministério Público do Paraná cinco proprietários rurais de Palmas, sul do Estado, pela prática de crime ambiental, constatados em 2016 durante operação permanente do órgão nesta região.

Conforme as denúncias, com respectivos inquéritos encaminhados a Vara Criminal da Comarca de Palmas pela 2ª Promotoria, ficou comprovada, em diversas propriedades, a destruição de uma área total de aproximadamente 45 hectares do bioma mata atlântica, com pinheiros, imbuias, bem como, atividade agrícola em área de preservação ambiental. As constatações foram feitas por agentes do IBAMA de União da Vitória e Curitiba, entre 4 de maio e 20 de julho do ano passado.

 Para alguns citados, MP pede a proibição para frequentar bares, boates, clubes; de ausentar-se da comarca sem autorização do judiciário; comparecimento mensal ao juízo; prestação pecuniária e reparação comprovada do dano ambiental.