A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), com apoio da prefeitura municipal, iniciará um trabalho de diagnóstico do manancial do rio Caldeiras, responsável pelo abastecimento hídrico de Palmas, Sul do Estado. Conforme o gerente regional da companhia, Aderbal Roncatto, o trabalho tem objetivo de levantar possíveis focos de contaminação, visando melhorar a qualidade e preservar a água que chega às torneiras dos palmenses.

Segundo ele, os mananciais podem ser comprometidos por atividades econômicas como indústria, agricultura e pecuária. O manejo incorreto do solo e a insuficiência de mata ciliar, acabam causando assoreamento e entrada de insumos agrícolas nos rios.

Salienta Roncatto que a água in natura, sem tratamento de clarificação, do rio Caldeiras, atende a todos os padrões para consumo humano. “A qualidade do manancial é excelente, mas temos que preservar essa qualidade, cuidando rigorosamente”, aponta.

Informou que, finalizando o trabalho de diagnóstico, os resultados serão encaminhados aos órgãos competentes, que deverão se reunir com Poder Público e comunidade em geral, para a elaboração der ações conjuntas, a fim de promover a conscientização da comunidade sobre o uso e a preservação da água.