Acontece no próximo dia 15, em Capanema, a audiência pública convocada pela Alep (Assembleia Legislativa do Estado do Paraná) para discutir com a região a reabertura da Estrada do Colono. O trajeto de 17 km que cruza o Parque Nacional do Iguaçu é visto como uma importante alternativa de integração entre as regiões Oeste e Sudoeste e de desenvolvimento regional, mas está fechado em definitivo há cerca de 20 anos.

Lideranças do movimento em favor da reabertura da estrada se reuniram com o presidente da Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná), Mauro Cenci, para reforçar o convite à audiência. A reativação da estrada é um dos pleitos da Carta do Sudoeste 2018.

“Entendemos que a reabertura irá criar oportunidades de desenvolver os municípios próximos e, consequentemente toda a região. Pretendemos ter uma nova alternativa, mas conciliando a questão ambiental, criando um caminho ecológico, por isso é importante que a população esteja atenta e participe deste debate”, afirmou Cenci durante o encontro com o juiz de Direito Márcio Geron e o empresário Luis Fernando Luersen.

Projeto

Dois projetos de lei – um do ex deputado federal Assis do Couto e outro do senador Alvaro Dias – que buscavam revogar a abertura da estrada foram arquivados nos últimos anos. Desde fevereiro um novo projeto, este do deputado federal Nelsi Vermelho, que cria a unidade de conservação estrada-parque, tramita na Câmara Federal. O PL 984/2019 já recebeu aprovação da Comissão de Viação e Transportes e agora aguarda parecer da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Proposta

O movimento que defende a reabertura da estrada pretende tornar o trajeto um caminho ecológico: o acesso será restrito a veículos leves e somente de dia, pórticos e guaritas de observação serão construídos, a estrada será monitorada e com pavimentação ecológica. A ideia é que o caminho sirva também como um projeto permanente para educação ambiental da população vizinha e ajude a proteger o parque.

Audiência

A audiência é aberta à participação da população e de representantes de entidades. O debate será no dia 15, uma quinta, a partir das 19 horas e acontece no parque de exposições Armandio Guerra de Capanema. Ao longo do dia, lideranças irão debater a questão e visitar pontos da estrada. O evento é convocado pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia e pela Frente Parlamentar pela Reabertura da Estrada-Parque Caminho do Colono.

Fonte: Assessoria Amsop