Receber recursos financeiros para proteger as propriedades rurais. Essa é  mais uma das fontes de renda de três famílias que residem no município de Passos Maia, inseridas na política Pagamentos por Serviços Ambientais (PSAs) de Santa Catarina. O apoio financeiro é mecanismo inédito na região Sul do Brasil criado pelo Programa SC Rural como incentivo à preservação e recuperação de matas, implementado pela Fatma e Epagri.

Os agricultores de Passos Maia que possuem propriedades abrangidas pelo Corredor Ecológico Chapecó foram os primeiros do estado a receber os pagamentos ontem(31) no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Chapecó. Selecionados pelo programa poderão receber valores anuais de até R$ 350,00 por hectare limitados a uma área de até três hectares, em troca da preservação de pelo menos 20% das propriedades

Os primeiros beneficiados Adão Antônio de Sá, Nelson Jesus dos Santos e Vilmar Nascimento juntos preservaram mais de seis hectares de florestas nativas e recuperaram áreas degradadas em suas próprias áreas. Conforme o secretário executivo da SC Rural, Júlio Bodanese, o programa está sendo iniciado e até o final do ano outras duzentas propriedades estarão sendo contempladas.