13152774_1598241483820354_244348909_n
  • Compartilhe no Facebook

Foto: Miranda(RBJ)

Na tarde de sábado (30) foi realizado o abraço simbólico no lago do Parque da Gruta, na cidade de Palmas, sul do Paraná. A atitude teve como objetivo demonstrar indignação contra os atos de vandalismo no espaço de proteção ambiental e lazer no centro da cidade. Participaram do ato crianças, jovens e adultos que protestaram contra a destruição de peixes, árvores e flores.

O ato foi promovido pelo Grupo de Escoteiros Pé Vermelho e reuniu várias outras pessoas sensibilizadas com a causa que foram ao local para chamar atenção da população para preservação e um ato de indignação contra a morte dos peixes ornamentais por pedradas.

O Grupo de Escoteiros, que tem sua sede no local, denunciou que dos 12 peixes ornamentais apenas a metade ainda está lago. Além disso, das árvores frutíferas (jabuticabeiras), recentemente plantadas pela prefeitura, mais da metade já foram arrancadas ou quebradas. Até as flores foram danificadas.

Conforme os organizadores, o abraço no lago foi um ato para destacar a importância da preservação do local e suas espécies. É na Gruta que as famílias podem desfrutar de momentos de lazer, recreação e atividades esportivas em convívio com a exuberante natureza. “O local deve ser de orgulho e  deve contar com a ajuda de todos   para uma conservação maior e um olhar diferenciado para aquilo que serve como patrimônio para toda a população palmense e visitantes”, destacam.

Aérea Parque da Gruta./Alencar Pereira(RBJ)
  • Compartilhe no Facebook

Aérea Parque da Gruta./Alencar Pereira(RBJ)