O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), juntamente com a 1ª promotoria de Justiça da Comarca de Palmas, deflagrou nesta quarta-feira (04), uma operação para combater a venda de medicamentos ilegais no município.

Em entrevista exclusiva ao Jornalismo da Rádio Club/RBJ, o promotor de justiça, Pedro Pires Domingues Wanderley, revelou que desde 2018 são realizadas investigações sobre a venda de produtos apresentados como emagrecedores, porém, sem qualquer regulamentação e autorização dos órgãos competentes.

Os alvos das investigações são três mulheres que realizavam a venda dos medicamentos, com ampla divulgação através das redes sociais. Além da apreensão dos materiais, uma das investigadas foi detida, por contar com uma quantidade significativa em estoque.

Conforme o promotor, o próximo passo da operação, além do andamento do processo no Poder Judiciário, é desmantelar o esquema de fornecimento dos produtos, uma vez que o Ministério Público já conta com informações à respeito.

*Em breve mais informações