O ex-prefeito de Reserva do Iguaçu, no Centro Sul do Estado, Emerson Júlio Ribeiro (gestão 2013/2016), teve a prisão decretada pela Justiça da Comarca de Pinhão, na mesma região. A decisão é da Juíza Paula Michelli da Silva.

A magistrada condenou o ex-chefe do executivo Reservense a uma pena de 5 anos, 6 meses e 20 dias no regime semiaberto, pelo comentimento de crime previsto no artigo 168 do Código Penal (168-A / Deixar de repassar à previdência social as contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo e forma legal ou convencional: (Incluído pela Lei nº 9.983, de 2000).

O mandado foi expedido no dia 26 de março e tem validade até 16 de fevereiro de 2032. A editora do RBJ tenta contato com a defesa do ex-prefeito para saber qual procedimento será adotado diante da decisão da justiça.

Foto: Reprodução Olho Aberto Paraná