Menu Últimas Notícias
Grupo RBJ de Comunicação
Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação,
18 de agosto de 2022
RÁDIOS

Hospital de Palmas e município firmam acordo e assinam novo contrato

A assinatura do contrato ocorreu na tarde desta quarta-feira (13).

Saúde

por Guilherme Zimermann

IMG_20220519_113447270_HDR
Foto: Arquivo/RBJ
Publicidade

O Instituto Santa Pelizzari e o município de Palmas assinaram novo contrato para prestação de serviços hospitalares. A assessoria jurídica do hospital e a procuradoria do município firmaram acordo, chegando à assinatura do documento, que garante a continuidade dos atendimentos à população.

A assinatura do contrato ocorreu na tarde desta quarta-feira (13) e a sua publicação em Diário Oficial deve ocorrer nesta sexta-feira (15). Conforme informações repassadas ao Departamento de Jornalismo da Rádio Club pelo diretoria do Instituto Santa Pelizzari, o acordo judicial firmado prevê que o hospital receberá R$ 299,5 mil mensais para o pagamento das AIH’s (Autorizações para Internamento Hospitalar).

A título de compensação do ajuste técnico no valor do teto MAC (Média e Alta Complexidade), os serviços de atendimento de urgência e emergência terão um reajuste de R$ 28 mil mensais, com o repasse de R$ 118 mil à unidade hospitalar.

A diretoria do Instituto ressalta que, mesmo com o fim do contrato, na última sexta-feira (8), seguiu realizando atendimentos e prestando serviços à população. Conforme o acordo, os serviços nesse período sem contrato, serão pagos pelo município por procedimento administrativo de reconhecimento de dívida.

Publicidade
Publicidade

Outro ponto constante no acordo é que a administração pública municipal “por meio do(s) gestor(es) responsáveis promoverá, prioritariamente e em tempo razoável, junto aos demais entes da federação que integram a Política Nacional de Atenção Hospitalar (PNHOSP), os atos de gestão que lhe cabem para pleitear o restabelecimento/reequilíbrio do Teto MAC para pagamento dos serviços de saúde hospitalares, tendo em vista a comprovação, por média histórica em relação a demanda atual, da defasagem do teto orçamentário/financeiro para a manutenção do equilíbrio econômico do contrato”.

Desde o mês de junho, o ouvinte da Rádio Club e o leitor do RBJ acompanhou com detalhes, as informações sobre a negociação do novo contrato. Ainda no final de abril, a defasagem nos valores e no teto de pagamento de AIH’s já era trazida à tona, conforme pode ser relembrado nos links abaixo:

Hospitais filantrópicos lançam movimento para chamar atenção sobre crise no setor de saúde

Hospitais filantrópicos estão próximos de um ‘colapso financeiro’, diz entidade do setor

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade