Na Catedral do Senhor Bom Jesus em Palmas, sul do Paraná, na noite de domingo(30) ocorreu a celebração de ordenação diaconal do seminarista, Elizandro Spillere. Na presença de um grande número de fiéis, seminaristas, padres, religiosas de toda a Diocese, recebeu o primeiro grau do Sacramento da Ordem.

De família residente em Boa Esperança do Iguaçu, após concluídos os estudos básicos em escolas da região de origem, Elizandro iniciou sua caminhada vocacional no Seminário Menor em Palmas em 2003; Seminário Jesus de Nazaré em São João; cursou filosofia em Francisco Beltrão no Instituto Sapientia e Teologia na Faculdade Missioneira do Paraná – Famipar em Cascavel.

Durante sua formação realizou trabalhos pastorais em várias paróquias em Cascavel, Bela Vista da Caroba, São João, Realeza, Francisco Beltrão, Barracão, Bom Jesus do Sul e Dois Vizinhos. Atualmente realiza seus trabalhos Pastorais no Seminário Propedêutico em São João.

Na abertura da celebração na Catedral, o Bispo Ordenante, Dom José Antonio Peruzzo, destacou que o ato se revestia de elevado momento de sacramentalidade e enfatizou a importância da ordenação para a Diocese. “O ordenado será ele, mas premiada é toda a nossa Igreja”, enfatizou.

Posteriormente foram apresentadas as atribuições a serem desenvolvidas pelo novo diácono, como Proclamar o Evangelho; Instruir e exortar o Povo de Deus; Conservar e administrar a Eucaristia;  Administrar solenemente o Batismo; Assistir e abençoar o matrimônio; Realizar o rito Funeral e da Sepultura; Administrar os sacramentais; Atuar, preferencialmente na caridade; Assistir a comunidade carente; Participar da administração diocesana ou paroquial.

Durante a homilia, o Bispo destacou a importância dos pais Everaldo e Leonilda, que entregaram o filho único para a Igreja. “As coisas começaram em casa pelos pais. Não há ambiente vocacional sadio, nem quadro favorável se não houver uma justa compreensão da santidade da vida famíliar e matrimonial”, salientou Dom Peruzzo.

Na sequência, as palavras foram dirigidas ao novo diácono, que conforme o ordenante estava iniciando o percurso para o presbiterado. “ O sacerdócio começa agora. Ajude o nosso povo a perceber que Deus se faz próximo”, conclamou ao novo diácono.