O envenenamento de animais, especialmente de cães em Palmas, sul do Paraná, parece não ter fim mesmo com as manifestações de indignação de parte da sociedade contra os insensíveis praticantes do crime de maus tratos.  Diariamente em perfis de redes sociais são denunciados fatos acrescidos de   inúmeras manifestações de repulsa pelo ato. O RBJ tem frequentemente publicado materiais com denuncias de maus tratos.

Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil por maus tratos a animais
Aumenta casos de envenenamento de cães em Palmas

Apesar dos esforços de pessoas isoladamente e de entidade protetora APAanimal, diariamente são constatados óbitos, não só de animais que perambulam pelas ruas da cidade. Até mesmo cães que não oferecem qualquer risco e  que estão muito bem guardados pelos seus tutores, acabam sendo vítimas de envenenadores.

Nesta semana foi registrado por câmeras de monitoramento, o momento em que um cachorro começou a passar mal após ingerir algum produto envenenado. As imagens do animal se debatendo foram captadas no centro da cidade na Avenida Coronel José Osório. Durante o registro, outros cães se aproximam da vítima, dando a impressão que pretendiam ajuda-lo a resistir à morte. VEJA

Envenenar é um crime previsto na Lei de Crimes Ambientais, onde o praticante de abuso maus tratos, ferimentos ou mutilações de animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos pode ser penalizado com detenção de 3 meses a um ano e multa