Com as dependências da Câmara lotada, os vereadores de General Carneiro, sul do Paraná, aprovaram durante sessão ordinária nesta segunda-feira (09), um Projeto de Lei que prevê redução em seus próprios subsídios a partir da próxima gestão em 2017, quando passarão a receber R$ 1.500,00 reais mensais.

Outros dois projetos para redução dos salários do prefeito, vice-prefeito e secretários – a partir do próximo mês – também foram discutidos e retirados de pauta após amplo debate. Um dos projetos previa a redução dos salários dos diretores para R$ 1.900 e o do prefeito para R$ 9.000,00.

Na ocasião a vereadora, Rosivane Terezinha Faion , explicou que o salário maior é o do prefeito. Não se pode reduzir o salário para R$ 9 mil, sendo que um médico ganha hoje cerca de R$ 12 mil.” Se reduzir o salário onde iremos achar médicos por menos de R$ 9 mil?”, questionou.  A previsão é de que os projetos com votação suspensa voltem a constar da pauta do legislativo e General Carneiro.

DOIS VIZINHOS

Conforme publicou o Jornal de Beltrão, uma Comissão proposta pelo presidente da Casa, Gelson Lindner(PV) definiu que o subsídio dos vereadores a partir do próximo ano em Dois Vizinhos, baixaria dos atuais R$ 4.557  para R$ 1.182, o equivalente a  um salário mínimo e meio. A comissão reuniu representantes de clubes de serviço, sindicatos, religiões e da sociedade civil local.