Os vereadores Brizola, (PSL), e Valmir Dile Tonello, (PMN), protocolaram Projeto de Lei na Câmara propondo a criação do Dia do Líder Comunitário de Francisco Beltrão, a ser comemorado todos os anos, no dia 5 de maio. Segundo os proponentes, o líder comunitário é um voluntário da sociedade, que se doa para ser a ponte de ligação entre o povo e as autoridades, na busca de soluções para as suas.

De acordo com o projeto, são líderes comunitários os dirigentes ou presidentes de associações de moradores, de clubes de mães, de diretorias de igrejas, de grupos de jovens, grêmios escolares e de diretórios acadêmicos, ou outras agremiações escolares, dirigentes de grupos de idosos, de clubes de serviços, como Rotary ou Lions Club, associações de classe e entidades afins.

Brizola e Dile enfatizam que a atividade de liderança comunitária de forma voluntária está estreitamente ligada ao cotidiano de pessoas preocupadas com o bem estar da comunidade em que vivem, tendo a missão de reportar os anseios dos moradores e buscar alternativas para solucionar os problemas apresentados, ampliando significativamente as possibilidades de sucesso dessas ações.

O movimento comunitário representa o anseio da sociedade civil organizada nas conquistas de melhorias para o desenvolvimento da comunidade através da efetivação de políticas publicas nas áreas da saúde, educação, segurança Publica, habitação, cultura, esporte e lazer, além da  defesa e proteção dos direitos das pessoas. Tudo realizado com prazer e de forma voluntária.

Para eles, a criação deste dia alusivo ao líder comunitário significa reconhecer pessoas que buscam no dia a dia resolver questões ligadas à comunidade. O projeto será analisado pelas comissões permanentes e depois será levado para debate e votação em plenário no Legislativo.