Na Sessão Ordinária de terça-feira (25), a Câmara de Francisco Beltrão prestou homenagem à Itacir Braghini, 71 anos. Ele recebeu uma Moção de Aplausos pelos relevantes serviços voluntários prestados à comunidade.

Além dos dez vereadores, familiares, amigos e dezenas de rotarianos prestigiaram a solenidade. A iniciativa é do vereador Cleber Fontana (PSDB). A matéria tramitou em junho e recebeu aprovação unânime.

História do homenageado

Natural de Santa Catarina, Braghini é casado, pai de dois filhos e tem quatro netos. Reside em Francisco Beltrão há 42 anos. Trabalhou como vendedor de veículos em várias empresas na cidade. Por 23 anos atuou na avicultura e suinocultura, na comunidade Rio Tuna. Participou da fundação da Escola Mundo Colorido, da APAE. Desde sua fundação integra as diretorias e conselhos da entidade.

Foi um dos fundadores da Associação do Meio Ambiente de Francisco Beltrão. Foi tesoureiro do Sindicato Rural por duas gestões. É um dos fundadores da Associação de Moradores do Rio Tuna, onde também presidiu a Igreja da comunidade. Atualmente faz parte do Conselho de festas da Concatedral. Foi vice-presidente da Igreja São Batista La Salle, do bairro Vila Nova, onde é conselheiro.

Trabalhou voluntariamente na Casa Mais Vida e participa da diretoria dos Amigos da Casa Mais Vida para a sua reconstrução. Fez parte da construção do Novo Mosteiro das Irmãs Carmelitas. Foi um dos fundadores da Amarbem. Há décadas participa dos Rotary clubes do município. Integrou a comissão de construção da Fundação Rotária. Ajudou a viabilizar a Casa Mortuária Cristo Ressuscitado, em parceria com a Guarda São Cristóvão. Há nove anos é responsável pelo programa Alimentando o Futuro do Rotary Francisco Beltrão Integração, que consiste no reaproveitamento de frutas e panificação.