Por Larissa Mazaloti

 

Após a polêmica votação sobre o aumento do número de vereadores em Francisco Beltrão, no último dia 21, o Ministério Público do Paraná, através do promotor de Justiça, Eduardo Alfredo de Melo Simões Monteiro orientou vereadores sobre inconstitucionalidade na forma de votação pelo aumento de vagas e também sobre a consulta à população.
 
 
A presidente da Câmara, Atanázia Pedron explica que uma resposta está sendo elaborada que o assunto á analisado.
 
 
OUÇA O POSICIONAMENTO DA PRESIDENTE DA CÂMARA (ENTREVISTA DE 03/10/2011)