Vereadores analisam projetos de reposição salarial do funcionalismo. Foto: Assessoria Câmara.
  • Compartilhe no Facebook

Vereadores analisam projetos de reposição salarial do funcionalismo público. Foto: Assessoria Câmara.

A câmara de vereadores de Chopinzinho realizou na sexta feira (03), mais uma sessão extraordinária.

Na ocasião foram encaminhados para a comissão provisória os vetos do executivo municipal ao projeto de lei 06/2017 que fixa os subsídios do prefeito, vice e secretários municipais para a legislatura 2017/2020 e projeto de lei 08/2017 que fixa os subsídios dos funcionários do legislativo municipal.

Após análise da comissão, os vetos serão votados em outra sessão extraordinária que acontecerá nesta segunda feira (06), a partir das 18h00min.

Também na sessão desta segunda feira, os vereadores estarão analisando e votando os projetos de lei de autoria do executivo municipal de número 09/2017, o qual trata da abertura de crédito adicional suplementar no orçamento geral do município, altera as metas e prioridades das leis nº 3.602/2016 de 19/12/2016- Lei Plurianual-PPA, altera a lei de diretrizes orçamentárias nº 3.600/2016 de 19/12/2016.

Outro projeto de lei que será votado é o de número 10/2017, que trata da concessão de 75,00 para o auxílio alimentação do funcionalismo público municipal, passando o valor do benefício para 175,00. Na mesma sessão extraordinária, será votado o projeto de lei 13/2017, o qual trata do reajuste salarial aos professores da rede municipal em 4,53%, tendo em vista que a lei determina que haja equiparação ao piso nacional.

Os vereadores já ficaram convocados para uma nova sessão extraordinária na próxima quarta feira (08), onde acontecerá a segunda votação dos projetos. Na quarta-feira dará entrada para análise em plenário e votação em primeira discussão, o projeto de lei de autoria do executivo municipal 11/2017, o qual concede reposição salarial de 2,28% para o funcionalismo público municipal e o projeto de lei 12/2017, o qual concede reposição salarial de 2,28% para os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias. A segunda votação dos projetos será na próxima sexta-feira (10).