O vereador Cleber Fontana, (PSDB), está mobilizando lideranças políticas e de outros segmentos para evitar o fechamento da unidade de Francisco Beltrão da Procuradoria Geral da União. Uma das iniciativas foi protocolar Requerimento na Câmara solicitando envio de ofícios para os deputados estaduais e federais que representam o município e para os três senadores do Paraná. Outra ação é a mobilização de outros segmentos organizados, caso da Associação Empresarial e a subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil, (OAB).

Cleber lembra que a Procuradoria Federal representa as autarquias e fundações públicas federais. Se o fechamento da unidade se concretizar, pessoas da Beltrão e da microrregião terão que se deslocar a Pato Branco ou Cascavel para encaminhar o parcelamento de dívidas ou para celebrar acordos no setor previdenciário. Para o vereador, a medida seria um retrocesso. Um dos pontos citados é que geograficamente para a região a melhor localização é Beltrão. Também lembra que o município é sede de duas Varas Federais, duas Varas da Justiça do Trabalho, Exército e Incra, fazendo com que o maior número de processos tramite nesta unidade.

Nesta quinta-feira, dia 25, Cleber e a vereadora Elenir Maciel, (PP), presidente da Câmara, se reuniram com o empresário Marcos Guerra, presidente da Associação Empresarial, e com a advogada Giuzeila Machado Watte, secretária geral da diretoria da OAB, para tratar do assunto. Inclusive deve ser agendada uma viagem a Curitiba para um encontro com a direção estadual da Procuradoria da União para formalizar o pleito pela permanência do órgão em Francisco Beltrão.