Por Evandro Artuzi com informações da Assessoria

 

Faleceu no início da tarde de hoje o vereador Luiz Carlos Santos da Silva, o Didio, (PSDB), aos 55 anos, vítima de câncer. A luta contra a enfermidade se prolongava por cerca de quatro anos e nas últimas sessões em que participou, Didio compareceu à câmara em cadeira de rodas. Ele só pediu afastamento por motivo de doença, no início deste mês de agosto e ainda participou de sessões extraordinárias no período do recesso legislativo, em julho.

Didio é gaúcho de Palmeira das Missões, onde nasceu em 22 de dezembro de l955.

Reside há muitos anos em Francisco Beltrão e era funcionário público estadual. Muito conhecido nos movimentos da Igreja Católica, participava ativamente da liturgia. Costumava se deslocar com freqüência pelo município com seu violão para participar da animação em eventos religiosos. Foi um dos fundadores da Associação de Moradores do bairro Jardim Floresta e também participou da fundação da Unibel, União de Associações de Moradores e do PSDB, Partido da Social Democracia, em Francisco Beltrão.

Casado com Elmira Bortolini da Silva, deixa três filhos: Roni Edson Bortolini da Silva, Daniele e Luiz Carlos dos Santos Júnior.

Concorreu a vereador nas eleições de 2004, quando ficou na condição de suplente e chegou a assumir o mandato por um período. Voltou a disputar a eleição em 2008, quando recebeu 1.217 votos, sendo eleito. Ocupava o cargo de primeiro-secretário da mesa diretora da camada, até o seu pedido de licença, no início deste mês.

Em entrevsita a Onda Sul FM, a vereadora Atanazia Helmann Pedron (PP), que preside o legislativo, lamentou a perda do colega. Segundo ela, mesmo lutando contra a doença, o vereador sempre foi muito carismático com todos. “Era ele que nos animava com suas canções durante as confraternizações”,disse.