Barracão da APAE em Francisco Beltrão. Foto de divulgação
  • Compartilhe no Facebook

Barracão da APAE em Francisco Beltrão. Foto de divulgação

Chuva, vento e granizo. Essa combinação provocou estragos em vários municípios da região Sudoeste do Estado entre a tarde e a noite deste domingo (1). Em Francisco Beltrão, segundo a Defesa Civil, foi registrada a queda de árvores em rodovias e problemas na cobertura de casas e prédios públicos. Também houve problemas no fornecimento de energia elétrica e algumas comunidades do interior ficaram horas sem o fornecimento.

Na Apae, que fica na região da Água Branca, o vento forte derrubou parte da estrutura de um barracão, onde ficam os veículos da entidade. Apesar dos danos, ninguém se feriu. Corpo de Bombeiros e Defesa Civil trabalharam intensamente para atender os chamados.

Granizo no interior de Dois Vizinhos. Foto de divulgação
  • Compartilhe no Facebook

Granizo no interior de Dois Vizinhos. Foto de divulgação

No município de Verê, que fica a cerca de 20 quilômetros de Francisco Beltrão, uma forte chuva de granizo foi registrada no período da tarde. O solo ficou branco com gelo que acumulou. Não foram registrados grandes estragos, mas a população ficou bastante assustada. Também teve chuva de granizo em Dois Vizinhos, principalmente no interior. Quem também enfrentou problemas com vento e granizo foram os moradores da região de fronteira com a Argentina, como Pérola do Oeste e Santo Antonio do Sudoeste.

Em Renascença e Marmeleiro, também na região de Beltrão, algumas casas tiveram danos na cobertura e árvores caíram na PR-180, entre Marmeleiro e Francisco Beltrão. Com isso, o trânsito ficou lento até a liberação da pista. Na PR-182, entre Realeza e Ampére, também houve queda de árvores e a Defesa Civil foi acionada para desobstruir a pista. Outro trecho de rodovia que teve o trânsito interrompido por conta da queda de árvores foi a PR-180, entre Francisco Beltrão e Dois Vizinhos. Uma árvore de grande porte caiu próximo da comunidade do Rio Tuna.

Estrutura da Havan em Pato Branco também foi danificada pelo vendaval. Foto de divulgação
  • Compartilhe no Facebook

Estrutura da Havan em Pato Branco também foi danificada pelo vendaval. Foto de divulgação

Em Pato Branco, o vendaval derrubou postes em frente à base do SAMU e impossibilitou por algumas horas a saída de ambulâncias. Na BR-158, placas indicativas caíram na pista e motoristas foram obrigados a transitar por caminhos alternativos. Na loja de departamentos Havan também foram contabilizados prejuízos, principalmente no espaço onde funciona a praça de alimentação. Ainda na cidade, a estrutura de um circo foi comprometida e quatro pessoas ficaram feridas.

Postes caídos em frente a base do SAMU em Pato Branco. Foto: Nogueira Filho
  • Compartilhe no Facebook

Postes caídos em frente a base do SAMU em Pato Branco. Foto: Nogueira Filho

Em Francisco Beltrão, de acordo com dados do instituto de Olho no Tempo, a rajada de vento foi de 82 Km/h. Em Dois Vizinhos chegou a 101,8 Km/h e 108 Km/h em Planalto. A Defesa Civil prestou atendimentos em toda região e deve emitir nesta segunda-feira (2) os dados oficias relacionado aos estragos.

Placa de sinalização cai na BR-158, em Pato Branco.

Chuva de granizo em Pérola do Oeste

Chuva de granizo em Dois Vizinhos

Chuva de granizo no interior de Verê 

Fotos da região: Divulgação WhatsApp

 Outros estragos registrados em Pato Branco. Fotos de Nogueira Filho e Edinei Oldoni