Uma rajada de vento que durou menos de 15 segundos deixou estragos para moradores de Ampére. O fenômeno foi registrado por volta das 18h desta quarta-feira, 28, quando chovia forte na cidade e a ventania atingiu 20 casas no bairro Rondinha, próximo ao Parque Ambiental Fundo de Vale. Também outras três residências no bairro Santa Monica foram danificadas. Os números foram confirmados pelo Corpo de Bombeiros Comunitário, mas pode subir, pois algumas famílias que foram atingidas não fizeram registro de danos.

No bairro Rodinha o vento destruiu telhados, derrubou arvores e contorceu luminárias de postes da iluminação pública. A reportagem esteve no local poucos minutos depois e constatou que a ventania, que para os moradores tratou-se de um tornado, arrancou muitas telhas e como chovia no momento, muitas casas tiveram danos em móveis e outros pertences.

Em uma das residências o portão de entrada foi arrancado. Já na moradia que fica em frente o vento danificou o telhado e arrancou o forro de vários cômodos. De acordo com Emanuel Tomazini, que estava dentro de casa na hora da ventania, tudo foi muito rápido. “Aqui em casa não durou mais que 10 segundos e o vento levantou a cobertura e depois arrancou parte do forro. Foi um susto grande.”

Já a moradora Ivonete Marcovisk conta que estava numa vizinha, mas escutaram um estourou e quando foram ver as casas na redondeza já estavam com parte do telhado atingido. Onde ela estava nada aconteceu “Aqui na minha casa foram várias telhas arrancadas e choveu dentro. Eu não estava aqui, mas a gente viu de longe que foi tudo muito rápido.”

Uma residência, que não era ocupada por ninguém, teve metade da cobertura arrancada e jogada a cerca de 50 metros e foi parar dentro de um terreno baldio. As luminárias de alguns postes de iluminação publica foram contorcidos. Também arvores foram derrubadas.

Após o incidente as famílias iniciaram o concerto dos telhado.

Fonte/fotos: Julio Cesar Alves e Franscieli Desengrini