Empresários de micro e pequenas empresas de Francisco Beltrão participaram do reinício das atividades do programa Varejo Mais – Mais Vendas, Mais Competitividade. A abertura dos trabalhos de 2016, realizada na quinta-feira passada, dia 25, contou com a presença de representantes do Sebrae/PR e da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), parceiros na realização do Varejo Mais, e do Senac Francisco Beltrão.

O coordenador estadual do Setor de Comércio, Bens e Serviços do Sebrae/PR, Osmar Dalquano Junior, apresentou aos presentes algumas inovações para este ano, com destaque para a criação do Selo de Excelência em Qualidade para o Varejo. “O selo será um mecanismo de reconhecimento, atestado pelo Sebrae/PR e pela Fecomércio PR, de que a empresa participante do Varejo Mais atende aos critérios de boa gestão de seus negócios, de relacionamento com a equipe e qualidade de atendimento ao cliente”, detalha Osmar. De acordo com a pontuação nos diagnósticos e consultorias, os empresários poderão receber o selo nas categorias Ouro, Prata ou Bronze.

Já o assessor da presidência da Fecomércio PR, Paikan Salomon de Mello e Silva, responsável pela gestão dos projetos de Desenvolvimento Empresarial da federação, destaca que o Varejo Mais segue um novo formato, iniciado em 2015, e se assemelha muito a um curso de MBA (formação de executivos na área de administração, com matérias de finanças, contabilidade, recursos humanos e marketing, entre outras).

“São produtos especializados, direcionados para mercados que estão buscando conhecimento por mais tempo. Esse projeto veio para atender à demanda dos empresários que já vinham se qualificando e se deparavam com uma barreira, questionando-se o que fazer em seguida”, ressalta o assessor da presidência da Fecomércio PR.

De acordo com Paikan, os resultados em todo Paraná têm sido de melhoria nas gestões e ambiente de negócios para os lojistas participantes. “O novo Varejo Mais tem mais tempo de atividade e agrega maior valor. A aplicação dos programas nas lojas dos empresários que estão participando tem trazido resultados sensacionais”, atesta.

Preparação é tudo

O consultor do Sebrae/PR e responsável pelo Varejo Mais no Sudoeste, Sabino Oltramari, comenta que a crise econômica não pode ser motivo para que os empresários fiquem em compasso de espera. “A crise dura o mesmo tempo para quem fica estagnado e para os que estão se capacitando. Mas, quando a crise acabar, aqueles preparados vão largar na frente”, avisa. Sabino também apresentou aos participantes o cronograma do primeiro semestre. O próximo módulo terá Regina Nakayama, falando sobre marketing, de 28 a 31 de março.

André Baixer, presidente da associação Centro de Compras – Baixada da Júlio, em Francisco Beltrão, segue na linha sugerida pelo consultor do Sebrae/PR, a da preparação. Proprietário de uma loja de colchões há 15 anos, ele decidiu participar do Varejo Mais para buscar conhecimentos e maneiras de inovar. “Em novembro do ano passado, com as consultorias, promovi pela primeira vez o Black Friday, motivado pelo programa. E foi um sucesso. Já é resultado do Varejo Mais”, comemora.

Baixer revela que os conteúdos do programa reforçaram a ideia que tinha de abrir novas lojas. “O projeto (de novas lojas) existe há muito tempo, mas agora está caminhando. Se tudo der certo, ainda neste primeiro semestre abrirei filiais em duas cidades da região”.

Como presidente do Centro de Compras – Baixada da Júlio, André Baixer tem planos de estender os ensinamentos depois que o Varejo Mais terminar. “Dos 22 empresários do Centro de Compras, sete estão no Varejo Mais. A intenção é levar os conhecimentos obtidos no programa para os demais integrantes da associação”.