Júri teve duração de mais de 18 horas. Foto: Evandro Artuzi/RBJ
  • Compartilhe no Facebook

Júri teve duração de mais de 18 horas. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Depois de mais de 18 horas foi encerrado na madrugada desta sexta-feira (24) no Tribunal do Júri da Comarca de Francisco Beltrão, o julgamento de três homens acusados de homicídio. No banco dos réus sentaram Claudemir Guermo, 36 anos, Júlio Cézar Alves, 30 anos, e Nilmar Domingos Alves, 36 anos, acusados pela morte de Alexsandro de Oliveira.

O crime aconteceu no dia 12 de novembro de 2015, na Rua Santa Terezinha, no Bairro Cristo Rei. De acordo com a denúncia do Ministério Público, Claudemir teria contratado Nilmar e Júlio para executar Alexsandro, visto que o mesmo estaria se relacionando com a ex-mulher dele.

O julgamento, presidido pela juíza Janaína Monique Zanelatto Albino, encerrou as 3h30 da madrugada com a absolvição de Claudemir e Júlio. Nilmar, que teria dirigido o carro usado na fuga, foi condenado há 21 anos de prisão, mas pode recorrer em liberdade. O corpo de sentença entendeu que o carro de Nilmar era a única materialidade do crime.