Esta sexta-feira (16), é o último dia para atualizar os dados cadastrais das famílias que recebem o benefício do Bolsa Família. A exigência vale somente para aquelas que estão há mais de dois anos sem fazer a revisão no Cadastro Único e que receberam aviso no extrato de pagamento. Quem não atender o chamado corre o risco de ter o benefício de transferência de renda bloqueado.

Secretária de Assistência Social Ana Barbara.
  • Compartilhe no Facebook

Secretária de Assistência Social Ana Barbara.

No município de Chopinzinho, sudoeste do estado, a procura foi grande pela atualização do cadastro junto Secretaria Municipal de Assistência Social e também no CRAS do bairro Nossa Senhora Aparecida. Segundo a Secretária de Assistência Social do município, Ana Barbara “ o prazo do dia 16 de janeiro é somente para as pessoas que estão com dois anos de desatualização ou mais, esses sim serão bloqueados a partir do dia 16, os demais que tem 6 meses, um ano, menos de dois anos terá o restante do ano para fazer a atualização”.

 

Para a atualização cadastral, o responsável pela unidade familiar deve apresentar obrigatoriamente como documentação o Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou o Titulo de Eleitor. Somente as famílias de indígenas e quilombolas podem apresentar qualquer outro documento de identificação de validade nacional.

Para os demais componentes da família é necessário apresentar ao menos um dos seguintes documentos: certidões de Nascimento, Casamento ou Administrativa de Nascimento do Indígena (Rani), carteiras de Identidade ou de Trabalho e Previdência Social, CPF e Título de Eleitor.

Embora não seja obrigatório, o beneficiário também deve apresentar comprovante de residência, conta de energia elétrica, comprovante de matrícula das crianças e dos adolescentes na escola, a fim de qualificar a coleta das informações.

A revisão de dados dos beneficiários do Bolsa Família é um processo obrigatório e de rotina, realizado todos os anos. É feita pelos municípios e o Distrito Federal, conforme prevê o Decreto nº 6.135 de 2007.