A cada dia que passa, o projeto do Aeroporto Interestadual do Sudoeste ganha um novo capítulo. Em viagem recente a Brasília, o prefeito de Renascença, cidade escolhida para sediar a infraestrutura, Lessir Canan Bortoli obteve novas informações sobre o andamento do projeto na esfera federal. A partir de agora a UFSC (Universidade Federal de Santa Cataria) terá envolvimento no projeto.

“O nosso aeroporto está na programação do Governo Federal e agora, a responsabilidade passa a ser da Universidade Federal de Santa Cataria. A qual está conduzindo a construção do aeroporto de Balsas no Maranhão, na sequência vão priorizar o aeroporto do sudoeste paranaense e extremo oeste de Santa Catarina”, comenta o prefeito.

Foto: Assessoria
  • Compartilhe no Facebook

Foto: Assessoria

Uma série de reuniões têm fomentado o debate em torno do projeto. Hoje (23) uma reunião foi realizada em Renascença e nesta semana, prefeitos da região se reuniram na Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná) para analisar o projeto.

Segundo Lessir, “O aeroporto do sudoeste vai ser uma realidade. Tenho convicção disso, pelo que ouvi, resultado de pesquisa, dados técnicos, situação econômica, não é mais questão de proposta e sim necessidade. O sudoeste vai mudar muito om o aeroporto”.

Dentro de pouco tem, lideranças de toda a região que estão engajadas no projeto devem visitar o terreno escolhido para a construção do aeroporto.