Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) emitiu parecer prévio pela irregularidade das contas de 2013 do município de Coronel Domingos Soares, de responsabilidade do ex-prefeito, Valdir Pereira Vaz (gestão 2013-2016). Em razão da decisão, o ex-gestor foi multado em R$ 193.123,46 pelo recolhimento, com atraso,  de contribuições ao INSS. Da decisão cabe recurso.

Inicialmente,  a Coordenadoria de Fiscalização Municipal havia indicado a existência de sete impropriedades, ficando seis afastadas durante as fases de defesa com a devida apresentação de documentos. Em relação ao fato vinculado ao repasse ao INSS, o ex-prefeito justificou que a ausência decorreu de graves problemas no quadro funcional do município, especialmente, porque em 2012 a servidora responsável pela contabilidade foi acometida por doença grave. Tal condição a impediu de proceder de forma ótima com seu trabalho e, à época, o município,não dispunha de profissional a substituí-la. Tal fato  teria ocasionado a desorganização contábil, situação corrigida posteriormente.

A Coordenadoria de Fiscalização Municipal não atacou a justificativa e manteve a conclusão pela irregularidade das contas e o Ministério Público de Contas acolheu integralmente o posicionamento.

Levado à apreciação plenária, os membros da Primeira Câmara do TCE, seguiram o voto do relator, Conselheiro Fernando Augusto de Mello Guimarães e, por unanimidade, recomendaram pela irregularidade e determinaram o ressarcimento aos cofres públicos do município, do valor de R$ 193.123,46 mil, devidamente corrigido, a título de encargos da dívida. Ainda que seja aplicada a multa ao ex-prefeito, após trânsito em julgado do processo.