por Ivan Cezar Fochzato

 

 

Duas decisões envolvendo o município de Coronel Domingos Soares foram proferidas pelo Tribunal de Contas no estado do Paraná. Em uma delas, foram julgadas aprovadas as contas do atual prefeito Mauro Correa de Almeida (PSD) relativas a transferência de recursos estaduais repassados pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento – SEAB, exercício financeiro de 2011/2012, no valor de R$ 49.000,00 (quarenta e nove mil reais), tendo por objeto implantação do projeto de apoio ao manejo e fertilidade dos solos com ênfase a utilização de calcário pelos agricultores familiares menos favorecidos.Veja mais

 

 

Já na  última quarta-feira (14) o pleno do TCE (Tribunal de Contas) do Paraná não acatou a defesa apresentada pelo prefeito eleito em 07 de outubro de 2012 em Coronel Domingos Soares, Valdir Pereira Vaz(PP), em relação a decisão do órgão que desaprovou suas contas, quando prefeito em 2006. Em julho de 2011, o referido Tribunal decidiu pela irregularidade das contas municipais do ex-prefeito. Que ainda foi multado em R$ 654,23 por atrasar a entrega das contas.

Valdir Pereira Vaz, através de sua defesa, sustentou que a decisão proferida pelo Tribunal, que votou pela desaprovação de suas contas, foi omisso quando a aspectos importantes explanados na prestação de contas. No Embargo de Declaração, Vaz questionou os motivos que o Tribunal não acolheu a defesa em que foi justificada que a irregularidade foi gerado por um erro contábil que foi devidamente regularizado conforme documentação apresentada na oportunidade ao tribunal. A defesa pediu que fosse reformada a decisão proferida em torno da desaprovação de suas contas. O organismo de controle, entretanto, manteve a decisão anteriormente proferida. O relator do Tribunal de Contas, Jaime Tadeu Lechinski, apresentou o relatório desaprovando o embargo apresentado, decisão foi seguida pelo demais membros do Tribunal de Contas. Ouça áudio da sessão.

 

width=250
  • Compartilhe no Facebook
Ao Portal RBJ na manhã dessa segunda-feira (26) o prefeito eleito, Valdir Vaz, salientou que ainda não houve a publicação da decisão do Tribunal de Contas do Paraná e sua defesa estará ingressando com novo recurso ao Tribunal de Contas do Estado. Vaz explicou que o valor que gerou toda a situação é R$ 610,00 originado de um erro de lançamento.

 

 

Explicou ainda que a decisão do órgão de controle de contas não terá qualquer implicação em relação a sua posse e exercício do cargo de prefeito de Coronel Domingos Soares. Os munícipes podem ficar tranquilos que estaremos assumindo a prefeitura a partir de primeiro de janeiro sem qualquer problema”, disse ao Portal RBJ.Destacou ainda que já está montando sua equipe de governo que deverá ser anunciada no início do próximo mês. Conforme ele, o PT ocupará três departamentos e o PPS outros três. “Todos os demais cargos serão indicação minha”, disse Valdir Vaz.