A Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) abriu processo de tomada de contas extraordinária, para apurar possíveis irregularidades nos pagamentos de diárias pela Câmara de Vereadores de Palmas em 2019. O Departamento Jurídico da Casa informou que já está providenciando os esclarecimentos ao órgão controlador.

Segundo o Tribunal, a tomada de contas foi apresentada pela Coordenadoria de Acompanhamento de Atos de Gestão, apontando irregularidades nos pagamentos de diárias a servidores e vereadores entre janeiro e outubro de 2019, sem comprovação documental. No período analisado, as diárias somaram R$ 275.548,25.

Diante disso e em vista que os  apontamentos são passíveis de configurar atos ilegais ou lesivos ao erário, o Tribunal de Contas citou vereadores e servidores da Câmara que fizeram uso de diárias no período para que se manifestem a respeito.

À redação da Rádio Club/RBJ, o Departamento Jurídico da Câmara afirma que não houve irregularidades nos pagamentos e que o setor já está levantando todos os materiais e documentos solicitados para os esclarecimentos junto ao Tribunal.