Por Evandro Artuzi 

 

A Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão realizou nesta terça-feira (04/10), a 55ª Sessão Ordinária do Segundo Período Legislativo de 2011.

Na ocasião foram discutidos e votados os projetos 073/2011, que altera a lei municipal 2.633/97, o 076/2011, que dispõe sobre a eleição dos diretores das escolas e centros municipais de educação infantil e o 020/2011, que dispõe sobre o serviço de transporte escolar a domicílio em Francisco Beltrão.

O projeto 073, que concedeu aumento ao funcionário que atua na Casa de Apoio em Curitiba, teve voto contrário do vereador Jocemar Madruga (PT).

O 076, que trata sobre a eleição nas escolas, recebeu aprovação unânime e o 020, que dispõe sobre as Vans do transporte escolar, teve votos contrários dos vereadores Maor Preto Prolo (PMDB) e Jocemar Madruga (PT). Já o vereador Paulo Grohs (PSDB) não votou por entender que atua no setor.

O projeto é de autoria do vereador Anízio Cezar Pereira (PMDB) e recebeu uma emenda do vereador Dazio Zanatta (PSDB). Nessa, foi fixado o número de Vans para cada 800 estudantes. Se houver liberação, garante Zanatta, muitas pessoas vão ingressar na atividade sem preocupação principalmente com a segurança.

O autor do projeto, vereador Anízio Cezar Pereira, se manifestou sobre o assunto e se mostrou contrário a posição de Zanatta sobre uma menor qualidade no serviço em caso de liberação do serviço. Apesar dessas discussões a sessão ocorreu com tranqüilidade, garantiu a presidente vereadora Atanazia Helmann Pedron (PP).

OUÇA