O governador em exercício Ademar Traiano anunciou nesta quinta-feira (15), em Francisco Beltrão, investimentos para a região Sudoeste do Estado. Em encontro com prefeitos da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop), Traiano disse que os recursos serão destinados para as áreas da saúde, esporte, saneamento, educação, ensino superior, habitação, segurança pública e infraestrutura urbana.

“Na minha passagem pelo governo, com a autorização do governador Beto Richa, pude vir à cidade onde nasci e à região onde me projetei politicamente para fazer esses anúncios para todos os municípios do Sudoeste”, afirmou. “É um gesto de gratidão a todos aqueles que me apoiaram ao longo da minha trajetória política e me fizeram chegar até aqui”, disse.

Ele ressaltou que os anúncios só foram possíveis devido o ajuste fiscal promovido pelo governador Beto Richa desde o final do ano passado. “Muitos projetos que ainda estavam embrionários começam agora a sair do papel graças ao ajuste fiscal”, destacou.

O prefeito de Francisco Beltrão, Antonio Cantelmo Neto, destacou a relação republicana com o Governo do Estado, que trazem frutos como os investimentos anunciados nesta quinta-feira. “Francisco Beltrão é um município que tem um bom entendimento com todos os governantes, e no nosso mandato não é diferente. É uma relação boa, que vai continuar trazendo benefícios à nossa população”, declarou.

Para o prefeito de São João e presidente da Amsop, Altair Gasparetto, os recursos anunciados permitem obras nos municípios neste momento de crise econômica nacional. “Para nós, é muito importante o Governo do Estado trazer recursos para os municípios neste momento de dificuldades e de crise financeira que estamos atravessando”, disse. “O Sudoeste é uma região que está crescendo muito graças aos investimentos que o governador Beto Richa tem trazido a todos os municípios. Nós agradecemos o empenho do governo e das secretarias, que vêm demostrando um carinho especial à nossa região”, afirmou.

SAÚDE

Traiano assinou resolução que autoriza o repasse de R$ 9,6 milhões para reforçar o serviço de transporte sanitário na região Sudoeste. Cada um dos 42 municípios beneficiados receberá R$ 120 mil ou R$ 240 mil, de acordo com o número de habitantes, para comprar veículos exclusivos para o transporte de pacientes que fazem consultas, exames e tratamento fora de suas cidades.

“O Governo do Estado está promovendo o maior investimento da história em logística e transporte para a área da Saúde”, disse o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. “Fizemos uma grande renovação de todas as frotas da saúde, compramos ambulâncias, ônibus para o transporte de pacientes, vans e carros pequenos para a saúde da família”, explicou o secretário. Segundo ele, esta etapa vai beneficiar indistintamente todos os 42 municípios das regionais de Pato Branco e Francisco Beltrão, permitindo que eles fortaleçam os cuidados com a saúde de sua população.

Foram contemplados os municípios de Ampére, Barracão, Bela Vista da Caroba , Boa Esperança do Iguaçu, Bom Jesus do Sul, Bom Sucesso do Sul, Capanema, Chopinzinho, Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Coronel Vivida, Cruzeiro do Iguaçu, Dois Vizinhos, Eneas Marques, Flor da Serra do Sul, Francisco Beltrão, Honório Serpa, Itapejara d’Oeste, Manfrinópolis, Mangueirinha, Mariópolis, Marmeleiro, Nova Esperança do Sudoeste, Nova Prata do Iguaçu, Palmas, Pato Branco, Pérola d’Oeste, Pinhal de São Bento, Planalto, Pranchita, Realeza, Renascença, Salgado Filho, Salto do Lontra, Santa Izabel do Oeste, Santo Antônio do Sudoeste, São João, São Jorge d’Oeste, Saudade do Iguaçu, Sulina, Verê e Vitorino.

INFRAESTRUTURA URBANA 

Traiano assinou com os prefeitos de Ampére, Hélio Alves, e de Capanema, Lindamir Benardin, contratos de financiamentos de R$ 2 milhões e R$ 560 mil, respectivamente. Em Ampére, os recursos serão aplicados em obras de pavimentação urbana e, em Capanema, serão utilizados para a aquisição de equipamentos urbanos para a prefeitura.

Ele também autorizou a licitação para o financiamento de mais de R$ 14,9 milhões para obras de pavimentação e recape asfáltico, aquisição de equipamentos rodoviários e reforma de prédios públicos para dez municípios do Sudoeste.

Os recursos são de linhas destinadas às prefeituras pelo Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM) e o Programa de Apoio à Aquisição de Máquinas e Equipamentos Rodoviários para as Prefeituras (Promap II), gerenciados pela Fomento Paraná, em parceria com a Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano, e Paranacidade.

Foram beneficiados os municípios de Ampére (R$ 2.037.120,58); Assis Chateaubriand (R$ 1,8 milhão); Boa Esperança do Iguaçu (R$ 1,55 milhão) Clevelândia (R$ 1,8 milhão); Itapejara do Oeste (R$ 820 mil); Marmeleiro (R$ 1,5 milhão); Nova Esperança do Sudoeste (R$ 750 mil); Salto do Lontra (R$ 2,3 milhões); São Miguel do Iguaçu (R$ 1,3 milhão); Sulina (R$ 1 milhão).

Francisco Beltrão terá Delegacia da Mulher

Francisco Beltrão será a 18a cidade paranaense a contar com uma Delegacia da Mulher. No evento, Ademar Traiano assinou o decreto de criação e instalação da unidade policial. A unidade será especializada no atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica e agilizará os inquéritos policiais relacionados ao assunto.

“Essa obra trará mais eficácia no resultado do trabalho de nossos policiais e um melhor atendimento à população. As mulheres vítimas de violência terão um local adequado no momento em que forem prestar suas queixas”, explicou o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita Filho.

“A Delegacia da Mulher vai oferecer mais tranquilidade àquelas mulheres e crianças que sofrem agressão e precisam de proteção policial. É uma parceira muito boa que o governo está fazendo com a prefeitura”, disse o prefeito de Francisco Beltrão, Antonio Cantelmo Neto.

As outras Delegacias da Mulher do Paraná estão localizadas nos municípios de Apucarana, Araucária, Campo Mourão, Cascavel, Cornélio Procópio, Curitiba, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Paranavaí, Pato Branco, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Toledo e Umuarama.

Durante a gestão do governador Beto Richa, foi criada a Coordenação das Delegacias da Mulher (Codem), que padronizou o atendimento em todas as unidades especializadas a atender as vítimas. Além disso, os procedimentos técnicos e operacionais no Estado e as condições de trabalho dos profissionais também foram unificados.

A coordenação também fortalece e estreita as relações com o Poder Judiciário e com o Ministério Público, para uma atuação conjunta que possa coibir e agir na punição deste tipo de crime.

Sanepar vai investir R$ 2,37 milhões

Junto ao presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, o governador em exercício anunciou investimentos de mais de R$ 2,37 milhões para os serviços de água e de esgoto. As obras vão beneficiar as cidades de Capanema, Francisco Beltrão e Nova Prata do Iguaçu.

“Trazemos obras para garantir água de qualidade aos municípios da região Sudoeste, além de investimentos para a coleta e tratamento de esgoto. São investimentos que geram mais qualidade de vida à população”, afirmou Chaowiche. “Hoje a Sanepar é reconhecida nacionalmente como a melhor empresa de saneamento do País, com mais de R$ 2,5 bilhões de investimentos em todo o Paraná”, ressaltou.

Em Capanema está prevista a implantação de mais de 7.600 metros de rede coletora de esgoto para atender cerca de mil moradores da cidade. O investimento será de R$ 1,2 milhão. O sistema de abastecimento de água na Linha Estrela do Oeste também vai receber mais de R$ 67 mil para a execução de redes de distribuição. Com as obras, 68 moradores da localidade terão acesso à água potável.

Para melhorar o sistema de esgoto sanitário de Francisco Beltrão, será assinada ordem de serviço para o início das obras de automação e instalações elétricas na estação de tratamento de esgoto e em estações elevatórias. Os investimentos são de R$ 778 mil e vão beneficiar 19.500 pessoas.

Para Nova Prata do Iguaçu será assinada ordem de serviço que autoriza o início de obras de instalações elétricas e automação na estação de tratamento de água, na captação superficial e nos reservatórios. Os investimentos de R$ 326 mil irão beneficiar cerca de 8 mil moradores da cidade.

Traiano assinou, ainda, convênios com 20 municípios para a construção de poços artesianos para abastecer as comunidades rurais. Foram contempladas as cidades de Manfrinópolis, Barracão, Realeza, Nova Esperança do Sudoeste, Coronel Vivida, Coronel Domingos Soares, Bom Jesus do Sul, Marmeleiro, São Jorge do Oeste, Enéas Marques, Saudade do Iguaçu, Flor da Serra do Sul, Renascença, Salto do Lontra, Nova Prata do Iguaçu, São João, Bela Vista da Caroba, Pinhal do São Bento, Boa Esperança do Iguaçu e Nova Esperança do Sudoeste.

EDUCAÇÃO

Governo nomeia 16 professores para a Unioeste e autoriza curso de Letras para o câmpus de Coronel Vivida, da Unicentro

O governador em exercício assinou a nomeação de 16 professores aprovados em concursos públicos para a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Seis irão compor o quadro de docentes do curso de Medicina, de Francisco Beltrão. Vão ocupar vagas de servidores afastados por motivo de aposentadoria, falecimento e exoneração.

Estas nomeações somam-se aos seis professores nomeados recentemente pelo governador Beto Richa para a Unioeste, juntamente com os 258 para as demais universidades. A Universidade Estadual de Londrina (UEL) recebeu 87 docentes, a Universidade Estadual de Maringá (UEM) 81, a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) 39, a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) 38, a Universidade Estadual do Paraná (Unespar)12, e um professor foi para a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP).

A Unioeste é uma universidade multi câmpus e oferta 32 cursos nos municípios de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Marechal Cândido Rondon e Toledo, atendendo cerca de 10 mil alunos.

Traiano também autorizou o funcionamento do curso de Graduação em Letras da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) no câmpus de Coronel Vivida, com 40 vagas no período noturno. O curso visa a formação de novos docentes para todos os níveis de ensino na região Sudoeste.

O curso é uma demanda para a região, onde não há graduação pública na área de Letras. O mesmo curso vem é oferecido na sede da instituição, em Guarapuava, desde 1970. A matriz curricular contempla 3.137 horas, no regime seriado anual.

Agricultores familiares de Marmeleiro e São João recebem chaves da casa própria

Na solenidade, Ademar Traiano também entregou as chaves de 41 casas rurais, nove para famílias de Marmeleiro e 19 para famílias de São João. As moradias foram construídas com investimentos de R$ 798 mil do Programa Nacional de Habitação Rural, feito em parceria com o Banco do Brasil e prefeituras.

O governo estadual participou com o trabalho da Cohapar, Secretaria da Agricultura e Abastecimento e Emater por meio do projeto construtivo, monitoramento das obras, seleção, cadastramento e acompanhamento social das famílias atendidas. Pelo projeto, famílias com renda máxima de R$ 15 mil por ano pagam quatro parcelas anuais de R$ 285 pelos imóveis, sendo o restante do valor subsidiado pelo poder público.

Em Marmeleiro, 105 famílias estão sendo atendidas com investimentos de R$ 2 milhões desde 2011. Já em São João, cerca de 69 famílias são atendidas e R$ 1,9 milhão investidos. Na região Sudoeste, as ações da Cohapar beneficiaram 5,6 mil famílias e permitiram investimentos de R$ 317 milhões em recursos federais, estaduais e municipais.

No mesmo evento, o governador em exercício também anunciou o lançamento dos editais de licitação para a construção de 62 casas em Ampére, 45 em Pérola d’Oeste, 22 em Pranchita, 37 em Mariópolis e 51 em Santa Isabel do Oeste. As moradias serão construídas com recursos do FGTS, em parceria com o governo federal e prefeituras, estimados em R$ 12 milhões.

O presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, ressaltou que mesmo com a crise nacional, o Paraná continua anunciando diversos investimentos em todo o Estado. “Estamos entregando moradias todas as semanas e temos ainda novos programas lançados pela Cohapar e que vão atender as famílias mais carentes que precisam de uma moradia digna”, disse Lupion.

ESPORTE
O governador em exercício, Ademar Traiano, e o secretário estadual do Esporte e do Turismo, Douglas Fabrício, estiveram nesta quinta-feira (15) em mais uma etapa do programa Paraná Mais Esporte, em Francisco Beltrão. Lançado no final do mês passado, o programa prevê uma ampla discussão da política esportiva estadual com toda a sociedade paranaense.

Nesta etapa, a terceira de cinco fases, os municípios que aderiram ao Paraná Mais Esporte recebem investimentos em materiais esportivos e debatem com o secretário e técnicos da Secretaria do Esporte e do Turismo a política de incremento ao esporte a ser adotada pelo governo nos próximos anos.

Além de prefeitos e gestores municipais do esporte, o evento, realizado na Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop), reuniu deputados estaduais, secretários de estado e lideranças regionais. “No ano que vem vamos sediar os Jogos Escolares do Paraná e, com certeza, o programa vai ajudar todos os municípios”, disse o presidente da Amsop, Altair José Gasparetto, prefeito de São João.

Traiano, destacou a boa situação financeira do Paraná, “graças à coragem, determinação e ousadia do governador Beto Richa ao fazer o ajuste fiscal desde o final do ano passado”. De acordo com ele, o Sudoeste “se destaca no cenário esportivo e, portanto, esses benefícios que a Secretaria vai disponibilizar vão contribuir muito para os municípios da região”.

O secretário de Esportes de Francisco Beltrão, Neri Aloisio Schneider, também falou sobre os benefícios. “Temos em torno de vinte modalidades esportivas em disputada e mais de 2,2 mil atendimentos diários, onde esse material sempre acrescenta”, comentou.

“O Paraná Mais Esporte tem tudo para que o esporte paranaense cresça”, ressaltou o chefe do Escritório Regional do Esporte e do Turismo de Pato Branco, ao qual pertence o município de Francisco Beltrão, Márcio Borges. Ele também destacou a força esportiva dos municípios da região.

Douglas Fabrício mencionou que o investimento em materiais esportivos é apenas um dos aspectos do programa. “Em 2016 teremos Olimpíadas no Brasil e o governador Beto Richa nos motivou a fazer um investimento no esporte em todos os municípios. O esporte é executado com material esportivo, mas nós estamos fazendo um diagnóstico, verificando a realidade de cada município do Paraná para que, nos próximos anos, o Governo faça investimentos em parceria com esses municípios”, comentou.

Também estiveram presentes os secretários estaduais da Saúde, Michele Caputo, da Segurança, Wagner Mesquita, e da Agricultura e do abastecimento, Norberto Ortigara, além dos presidentes da Cohapar, Abelardo Lupion, e da Sanepar, Mounir Chaowiche. Acompanharam ainda o evento o presidente do Tribunal de Tribunal de Justiça do Estado, Paulo Roberto Vasconcelos, e os deputados Ricardo Arruda, Guto Silva, Paulo Litro e Wilmar Reichembach.

Nesta sexta-feira (16) o programa Paraná Mais Esporte chega a Toledo e Cascavel.