• Compartilhe no Facebook

Na foto, Jonas Sommer, 43 anos, a esposa Clarice Kolemberg e os filhos Marcos e Paula Kolemberg Somer.

Uma tragédia foi registrada na tarde desta quinta-feira (15) na rodovia BR-373, em Chopinzinho – Sudoeste do Paraná. Um acidente entre um carro e uma carreta provocou a morte de quatro pessoas da mesma família. O acidente aconteceu por volta das 14h30.

As vítimas viajavam em um Citroen Picasso com placas de Santo Antônio do Sudoeste. O carro bateu de frente com a carreta, com placas de Francisco Beltrão, que transportava 35 mil litros de combustível. O violência do impacto causou o tombamento da carreta e a morte dos ocupantes do carro, identificados como Jonas Sommer, 42 anos, a esposa dele Clarice Kolemberg, 41 anos, e os filhos Marcos e Paula Kolemberg Somer, de 8 e 4 anos respectivamente. Os quatro ficaram presos entre as ferragens.

O motorista do caminhão, Antonio Spessatto, 63 anos, sofreu ferimentos na cabeça e nos antebraços. Ele recebeu atendimento do SAMU e foi liberado no local. Em entrevista à Rádio Onda Sul FM/RBJ contou que o carro invadiu a pista contrária numa curva e provocou a batida. Devido ao perigo de explosão do combustível, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal interditaram a rodovia nos dois sentidos.

De acordo com o PRF Ribeiro Vaz, o risco de explosão é eminente, por isso o trânsito foi impedido para resguardar a segurança dos usuários da rodovia. Apesar disso, quem está em viagem não precisou parar. Para deslocar do sudoeste sentido capital, a alternativa é acessar a PR-281 via Mangueirinha, Foz do Jordão até retornar a BR-373, próximo de Candói. Quem tem o Sudoeste como destino, deve acessar a PR-281 via Chopinzinho.

A Criminalística foi acionada para perícia e os corpos das quatro vítimas recolhidos ao IML de Pato Branco. Mesmo assim, a pista permanece interditada. Segundo informações, a família saiu de Santo Antônio do Sudoeste e tinha como destino a capital do Estado para uma consulta médica.

Jonas Sommer era professor da Famper – Faculdade de Ampére, no Sudoeste do Estado. A direção da instituição divulgou uma nota de pesar lamentando a morte da família e decretou luto de três dias.

A FAMPER está de luto

A Faculdade de Ampére – FAMPER vem a público externar o mais profundo pesar pelo falecimento do professor JONAS SOMMER.

Neste momento de profunda tristeza e dor, manifesta solidariedade à família, aos amigos e especialmente aos acadêmicos, colegas professores e funcionários da FAMPER, pelo falecimento do professor JONAS SOMMER ocorrido nesta tarde de quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018, em acidente automobilístico.

JONAS SOMMER era Mestre em Teologia, Especialista em Ensino da Língua Inglesa, Especialista em Educação do Campo, Graduado em Letras/Inglês e em Teologia. Natural do Município de Dois Vizinhos/PR, residia no Município de Santo Antônio do Sudoeste/PR e trabalhava como Professor da FAMPER desde 2016.

Suas contribuições não se restringem apenas às áreas da Língua e Literatura Inglesa e no desenvolvimento cultural e social de seus alunos e da sociedade, a quem muito devemos por sua contribuição e ensinamentos. Dignificou e enalteceu em suas aulas, a língua e cultura inglesa. Ajudar foi sempre sua palavra de ordem. Elevou quem pôde, como pôde, o que pôde, sem nunca se negar a apoiar os que o cercavam. Professor JONAS deixa a Família FAMPER grata e muito triste pela partida do mestre. Um grande vazio, uma grande perda, um grande homem, um exemplo de dedicação ao trabalho e amor à educação que aos 43 anos de idade nos deixa.

Que Deus conforte os corações de todos e dê forças para transformar toda dor desta perda irreparável em fé e esperança!

Terezinha dos Santos Reichert

Diretora Geral da FAMPER

Fotos: Evandro Artuzi/Divulgação WhatsApp