Mais um caso de violência contra taxista é registrado no Sudoeste do Paraná. Na madrugada desta sexta-feira (4) em Pato Branco, no Sudoeste do Estado, um profissional de 74 anos foi vítima de latrocínio. Luiz Del Sent Sobrinho foi assaltado por dois homens, após ter sido acionado para fazer uma corrida, por volta das 4 horas da madrugada.

O taxista teve o carro ,um Toyota Etios, roubado. O veículo foi recuperado em Foz do Iguaçu, nas proximidades da Ponte da Amizade. Um adolescente foi apreendido e um segundo ocupante do carro conseguiu fugir. O suspeito já foi identificado e está sendo procurado pela polícia na fronteira. O corpo do taxista foi encontrado pela polícia no interior de Pato Branco, na região do Novo Horizonte.

De acordo com o Major Gerson Zocchi, do 3º Batalhão da PM, o taxista estava amarrado e, a princípio, não apresenta nenhum ferimento provocado por golpes de faca ou disparos de arma de fogo. A suspeita inicial é que ele tenha sido morto asfixiado. A Polícia Civil foi acionada juntamente com a Criminalística para os procedimentos. Após perícia, o corpo foi recolhido ao IML de Pato Branco.