Um taxista foi feito refém no último sábado (05) em Abelardo Luz, Oeste catarinense, após ser chamado para uma corrida no interior do município. Ele foi abordado por dois elementos armados que o trancaram no porta-malas do veículo. A ocorrência foi registrada na linha Laranjal.

De acordo com o relato da vítima à Polícia Militar, ele recebeu o chamado para o serviço de transporte e durante o deslocamento deparou-se com um galho atravessado no meio estrada, impedindo a passagem do automóvel. Ao parar para retirar o objeto, antes mesmo de sair do carro, ele foi surpreendido por dois indivíduos que saíram do meio de um matagal e anunciaram o roubo. Ordenaram que ele saísse do carro com as mãos na cabeça e o trancaram no porta-malas.

Na sequência os elementos entraram no táxi e saíram em alta velocidade, no entanto, em determinado momento, o condutor perdeu o controle, colidindo contra um barranco. Segundo o taxista, ele aguardou os autores saírem do carro e se afastarem para que ele pudesse sair do porta-malas. Em seguida pediu ajuda a um motorista que passava pelo local, que o trouxe até a cidade.

De acordo com a descrição passada pela vítima para a Polícia Militar, os indivíduos utilizavam capacetes e estavam armados com uma espingarda. Ao ser acionada, a PM se deslocou até o ponto onde o veículo encontrava-se, onde foram localizados cartuchos calibre .40, além de duas facas que estava no interior do táxi. Os homens levaram dois celulares e aproximadamente R$ 600,00 em espécie. A PM realizou rondas, porém, nenhum suspeito foi localizado.