A Polícia Militar de Candói, no centro sul do Estado, prendeu na madrugada desta quinta-feira (27), cinco homens suspeitos de envolvimento em assaltos nos municípios de Candói e Foz do Jordão, além de outros crimes na região. O quinteto foi flagrado pelas equipes policiais na BR-373, na área urbana de Candói, por volta da 01h30 da madrugada.

Conforme o comandante da PM em Candói, Sargento Mário, os cinco estava com um Ford Fiesta, placas de São Lourenço (SC). A princípio o carro não apresenta irregularidades, mesmo assim foi encaminhado para perícia. Os presos são: Cleverson Martins Alves, popular Piu Piu; Adriano Zamprogna, popular “Adrianinho”; Lucas Bonifácio da Silva, Cleverson Bissello e Arnaldo Pereira da Silva.

Os suspeitos foram encaminhados à 14ª SDP, de Guarapuava. Foto: Divulgação PM
  • Compartilhe no Facebook

Os suspeitos foram encaminhados à 14ª SDP, de Guarapuava. Foto: Divulgação PM

Conforme a polícia, Cleverson estava armado com um revólver calibre 38, de numeração raspada, e Adriano possuía mandado de prisão em aberto por estar foragido do sistema prisional. Além disso, interior do veículo foram encontradas algumas carteiras de cigarro, R$ 1.700,00 em dinheiro e um cheque no valor de R$ 100,00. Os suspeitos não souberam explicar a origem. Todos foram encaminhados à 14ª SDP de Guarapuava para os procedimentos que competem a Polícia Civil.

Sargento Mário afirmou  que os detidos não confessaram os crimes, mas teriam sido reconhecidos através de imagens de câmeras de monitoramento. Nos últimos 10 dias eles teriam assaltando uma loja de materiais de construção e uma propriedade rural em Foz do Jordão, além de uma lanchonete na região do Alagado e um Posto de Combustível, em Candói. Agora cabe a Polícia Civil dar sequência as investigações para apurar se não há o envolvimento do grupo em outros crimes registrados na região de Guarapuava, entre eles, o roubo de um carro no interior de Virmond, fato que aconteceu na semana passada e o carro (Voyage) foi encontrado abandonado nesta quarta-feira (26) no interior de Goioxim.

A prisão, segundo o sargento, foi possível graças ao apoio, mais uma vez, da comunidade de Candói, que confia no trabalho da PM, e também a participação do Serviço Reservado (P2), do 16º Batalhão de Guarapuava, que sempre presta total auxílio aos policiais de Candói.

Fotos: Divulgação PM