Um trabalho conjunto envolvendo a Polícia Civil de São João e a Militar, através do Núcleo de Inteligência da 3ª Companhia de Coronel Vivida, resultou na prisão de dois homens suspeitos de furtar gado em cidades da Comarca de São João.

Os suspeitos moram no interior de São Jorge D’ Oeste. Com eles, foram apreendidas cinco armas de fogo, quatro espingardas e um revólver, além de munições e material para recarga de cartuchos. Também foram recuperados 50 animais furtados, cuja identificação está sendo feita pelas vítimas.

O trabalho de investigação foi coordenado pela Delegada Franciela Alberton Biava. Ela lembra que a investigação ainda não está concluída. A polícia quer também identificar os receptadores (compradores) do gado furtado. Afinal, são eles que alimentam o furto, garantiu.

Fotos: Divulgação Polícia Civil/Militar