Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e Polícia Militar de Realeza, na tarde desta quarta-feira (28), resultou na morte de Alex Vasconcelos Alves, 20 anos, suspeito de praticar assaltos na região. O rapaz também encontrava-se foragido da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão.

Os policiais chegaram até ele após receber denúncias anônimas apontando que estaria em uma residência no Bairro Jardim Primavera. Ao perceber a movimentação da polícia, Alex fugiu invadindo propriedades vizinhas e atirou contra os policiais, que revidaram dando início a um confronto armado. O rapaz, que estava armado com um revólver calibre 38 e uma Pistola 9mm, foi baleado no peito e caindo dentro de uma casa, onde tentava se esconder.

Alex Vasconcelos Alves, 20 anos.
  • Compartilhe no Facebook

Alex Vasconcelos Alves, 20 anos.

O SAMU foi acionado e socorreu a vítima, que chegou já sem vida ao Pronto Atendimento Municipal de Realeza. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Francisco Beltrão.  O local do confronto foi isolado pela polícia e posteriormente periciado pela Criminalística.

Outras pessoas que estavam na residência com o jovem foram encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil para prestar depoimentos.  Alex Vasconcelos Alves é suspeito de pelo menos quatro assaltos ocorridos na região. Em todas as ocorrências, junto com mais pessoas, as vítimas eram rendidas e mantidas como reféns.  O grupo costumava roubar camionetes e objetos pessoais, dinheiro e joias.

Com Alex foram apreendidas as duas armas de fogo, munições, R$ 2.400,00 em dinheiro e um celular. Na casa onde ele estava escondido foi feita apreensão de R$ 194 em dinheiro, 11 buchas de maconha, um rádio comunicador, facão, sete celulares e uma touca balaclava (capuz).

A Polícia Civil segue com a investigação com objetivo de identificar e prender os comparsas de Alex, também envolvidos em assaltos.
Fotos: Douglas Kichel