Para comemorar os 25 anos da Sociedade Rural de Francisco Beltrão, a diretoria e os sócios resolveram organizar um “Boi no Rolete”. A ideia surgiu depois da boa aceitação da Expobel, do ano passado. Por isso, e a aproveitando a 11ª Expofeira Mulher que está acontecendo no parque Jayme Canet Junior neste final de semana, a Sociedade Rural realiza no domingo dia 09, o Boi no Rolete ao meio dia, e às 14h, o leilão de gado geral, como parte da programação oficial do evento. O presidente da Sociedade Rural, Alberi Agnoletto comenta que pretende atrair compradores e vendedores de gado de todo o Sudoeste, além de pessoas e visitantes de outros estados. “Fomos muito felizes com a ideia no passado. Queremos tornar o boi no rolete como um evento tradicional, todos os anos, para comemorar o aniversário da rural, que é dia 31 de março”, disse o presidente.

Para assar o boi que pesa mais de 600 quilos vivo e 300 quilos depois de assado, por isso foi contratada uma equipe de especialistas, através da Tortuga/DSM, que é parceira da entidade na realização deste evento. “O pessoal vem de fora, na sexta-feira, abate o boi, no sábado, aplica o tempero, e no domingo, de madrugada começa a assar o animal. São quase 11 horas de fogo, num forno preparado especialmente pra isso. Acaba se tornando uma atração ver o boi no rolete, assando”, disse Ederson Cichoski, membro da Sociedade Rural e representante da Tortuga/DSM.

Os ingressos estão sendo vendidos na secretaria da sociedade rural pelo preço de R$ 30,00. A organização é da Sociedade Rural de Francisco Beltrão com patrocínio do Sicoob, San Rafael Sementes e Cereais, Pampa Remates, Bonetti Agronutri e Duet´s Buffet e Restaurante, que vai servir os demais acompanhamentos.

A ideia da diretoria é de servir o almoço no máximo até 12h30, pois está marcado às 14h, o leilão de gado geral, que será comandado pela Pampa Remates com mais de 500 animais das raças Tabapuã, Nelore, Charolês, Simental e seus cruzamentos. “O visitante chega mais cedo, circula pela Expofeira no Centro de Eventos e depois sobe até o restaurante do recinto de leilões para comer o boi no rolete e na sequência fica para o leilão para fazer bons negócios, com gado de qualidade e ótimos preços. Quem fizer essa programação, com certeza não vai se arrepender”, finalizou Alberi.