A situação da PRT-280, rodovia federal, cedida ao Governo do Paraná, e que corta o sudoeste do Estado, saindo do entroncamento com a BR-153 na região de Palmas, sul paranaense, indo até Dionísio Cerqueira, oeste de Santa Catarina e divisa com a Argentina, é considerada regular pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), em pesquisa realizada em mais de 98 mil quilômetros de estradas em todo o país. Desses, 32,4% estão em perfeitas condições de rodagem.

A pesquisa envolve situação do pavimento, sinalização, geometria e serviços como oficinas mecânicas, borracharias, restaurantes, postos de combustíveis, entre outros. Quase metade das rodovias pesquisadas, apresentam deficiências na pavimentação. Nos 176 quilômetros pesquisados da PRT-280, rodovia por onde cruzam cerca de 12 mil veículos por dia, ela obteve a classificação regular em todos os aspectos. O índice varia entre péssimo, ruim, regular, bom e ótimo. Ponto favorável, é que segundo o levantamento, por boa parte de sua extensão conta com serviços de apoio.

Desde o mês de julho, entre a região do Horizonte e Palmas, passa por reparos, reperfilamento da camada asfáltica e drenagem. É prevista a recuperação de 30 quilômetros, sendo que oito já estão prontos. Conforme o chefe do escritório do DER do Médio Iguaçu, em União da Vitória, engenheiro Fernando Hélio Martins, a previsão é que as obras continuem até o final do ano pelo atraso dos trabalhos ocasionado pelas fortes chuvas que atingiram a região no final de setembro.

Informou que deverão ser aplicados R$ 15,5 milhões com contratação de serviços de forma emergencial a partir de um decreto do prefeito de Palmas, Hilário Andraschko, pelas péssimas condições de trafegabilidade. Conforme ele, outra empresa também já foi contratada para executar os serviços de manutenção da rodovia por um período de dois anos.

Além disso, numa iniciativa da Associação Comercial e Empresarial de Pato Branco, lideranças estarão apresentando ao governador do Estado, Beto Richa, a reivindicação de imediata reforma da rodovia PRT-280, através da Campanha PR 280, REFORMA JÁ!.

Em reunião da direção da ACEPB definiu a pauta do encontro com o chefe do executivo estadual para o final do mês. Além de empresários patobranquenses o convite estará sendo estendido a presidentes de Associações Comerciais de toda a região como forma de reforçar o movimento.

O encontro com o governador no dia 29 de outubro, no Palácio Iguaçu, às 14h30, foi agendado por intermédio do recém eleito deputado estadual, Guto Silva, ex-sub chefe da Casa Civil do governo paranaense.

A Campanha cobra um amplo projeto de modernização da principal rodovia do Sudoeste do Paraná, O movimento defende que as ações devam ocorrem de forma emergencial, pois do contrário muitas vidas se perderão.

Segundo a CNT, a falta de conservação nas rodovias causa prejuízo para todos os setores da economia, além do risco à integridadade física dos usuários. Considerando somente os prejuízos com acidentes, em 2013 foram gastos mais de R$ 17 bilhões em atendimentos, perdas, saúde, entre outros.