O Departamento de Administração Fundiária, juntamente com a Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná) e Caixa Econômica Federal, realizou na noite desta quarta-feira (14), no Centro Cultural Dom Agostinho, o sorteio das unidades habitacionais do conjunto Bom Pastor II, em Palmas, contemplando 75 famílias.

Com investimentos de R$ 5,4 milhões, o conjunto habitacional foi construído através do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). A entrega das chaves das casas deverá ocorrer na primeira semana de setembro.

  • Compartilhe no Facebook

Fotos: Guilherme Zimermann/RBJ

Todas os beneficiados fazem parte do cadastro da Administração Fundiária do município, conforme explicou a diretora do setor, Rosane Bertoglio. “Todo esse cadastro é feito em parceria com a Cohapar, pois os beneficiários podem realizar a atualização de seus cadastros via Internet e torna o processo mais transparente também, porque a própria Cohapar faz a seleção dos contemplados”, salientou.

  • Compartilhe no Facebook

 

O chefe do escritório regional da Cohapar de União da Vitória, Orlando Senff Junior, destacou as parcerias entre a companhia e outros órgãos, com o objetivo de atender as famílias que precisam do acesso à moradia.

Na oportunidade, anunciou que Palmas estará recebendo, através de cooperação entre Cohapar e prefeitura, um projeto de “condomínio da terceira idade”, com a construção de 40 unidades habitacionais, que serão entregues exclusivamente a pessoas com mais de 60 anos.

  • Compartilhe no Facebook

 

O promotor de Justiça da Comarca, Alexsandro Luiz dos Santos, em seu pronunciamento aos presentes, enfatizou a série de deveres que os beneficiados terão ao assumirem a propriedade das residências, destacando que, de maneira alguma, as casas poderão ser alugadas, emprestadas e “muito menos vendidas”, sob pena responder judicialmente por crimes como falsidade ideológica e estelionato.

  • Compartilhe no Facebook

 

Por sua vez, o prefeito Kosmos Panayotis Nicolaou, ressaltou os investimentos do município para a estruturação do conjunto habitacional, através da pavimentação de vias e instalação do sistema de água pluviais. Reforçou a necessidade dos beneficiados terem consciência sobre os impedimentos acerca da venda ou troca das residências.

O chefe do Executivo municipal também comentou sobre outro projeto em andamento junto à Caixa Econômica Federal para a construção de mais de 125 casas populares, junto ao conjunto habitacional Bom Pastor.