Após os servidores públicos municipais de Chopinzinho definirem em assembleia realizada na última quarta-feira – 28 de janeiro, em decretar estado de greve e definir uma possível paralisação dos trabalhos nesta semana caso a administração municipal não negociasse com a categoria, já na sexta-feira – 30 de janeiro foi realizada uma reunião com a diretoria do sindicato e o prefeito de Chopinzinho Leomar Bolzani.

Ficou definido nesta reunião que a partir deste mês de fevereiro será implantado o piso nacional ao salário dos professores, e para os demais servidores uma nova reunião será feita no mês de julho para debater a possibilidade de um reajuste salarial.

Jovani Martins - Presidente do Sismuch.
  • Compartilhe no Facebook

Jovani Martins – Presidente do Sismuch.

Para o Presidente do Sismuch Jovani Martins, houve um avanço com as negociações junto com a administração municipal, já que teve um dialogo com o prefeito, uma situação que nunca houve entre sindicado e administração. Segundo Jovani “ na verdade a grande conquista que tivemos foi essa abertura de dialogo com a administração, o prefeito nos colocou a grande dificuldade que a administração tem hoje de estar revendo esta questão do reajuste que foi concedido a todos os servidores de 6,5 %, que hoje a administração não tem condições de arcar com uma reposição maior da que foi ofertada, mas ele vai estar cumprindo o piso nacional dos professores”.