• Compartilhe no Facebook

Fabiano Bordignon nasceu em Palmas, Sul do Paraná.

O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, confirmou o palmense Fabiano Bordignon, delegado da Polícia Federal (PF), como chefe do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) a partir de janeiro, quando Jair Bolsonaro será empossado presidente da República. A informação é do site de notícias G1.

Nascido em Palmas, no Sul do Paraná, Fabiano é filho dos professores Danilo e Paola Bordignon. Atualmente, ele chefia a Delegacia da PF em Foz do Iguaçu.

O comando do Depen será um cargo estratégico na gestão de Moro à frente do Ministério da Justiça. O ex-juiz federal já disse publicamente que uma de suas prioridades no governo federal será o combate a facções em presídios e à corrupção.

Integrando os quadros da Polícia Federal desde 2002, Bordignon acumula experiência como diretor da Penitenciária Federal de Catanduvas, a Coordenação Operacional da Policia Federal junto ao Centro Integrado de Comando e Controle Regional durante a Copa do Mundo em 2014 e a chefia da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Polícia Federal em Rondônia.