Por Larissa Mazaloti com informações da Assessoria

 

Os 30 anos da Guerra das Malvinas entre Argentina e Reino Unido foi tema de pronunciamento do senador Roberto Requião (PMDB/PR) nesta segunda-feira (02) Para o senador, a data deve servir para reafirmar o direito soberano da Argentina sobre as Ilhas Malvinas. “É também uma oportunidade para convocar o Reino Unido para que se disponha a iniciar negociações bilaterais com a Argentina”, sugere e explica que o objetivo é resolver definitivamente a disputa de soberania e acabar com a ocupação de uma parte do território argentino.

 

Na opinião de Requião, não faz nenhum sentido a Inglaterra manter uma colônia ao lado da Argentina nos dias atuais. “A Inglaterra já abriu mão das suas colônias no seu processo histórico e insiste em manter esta possessão indevida”, avaliou.

 

Requião lembrou que desde 1833, quando o Reino Unido ocupou as Ilhas Malvinas, o Brasil apoia a Argentina. “Muitos organismos internacionais têm emitido resoluções apoiando a convocação do Reino Unido para negociar com a Argentina”, reforçou o senador.

 

 

Como presidente do Parlasul (Parlamento do Mercosul), Requião reiterou a posição do bloco econômico a favor da Argentina. “Não é o caso de um conflito armado. Mas é o caso da aplicação da inteligência e da racionalidade. Colônia, no período em que vivemos, decididamente não”, finalizou.