O Sebrae/PR promoveu, na tarde desta sexta-feira (26), no Centro de Eventos Marabá, em Francisco Beltrão, o seminário Desafios do Crescimento. Realizado nas seis regionais do Estado, o evento reuniu 250 empreendedores do sul e sudoeste do Paraná, que acompanharam palestras com Jacqueline Ferreira Gomes, sobre “Conceitos Disney para excelência em atendimento e serviços”, e Fernando Kimura, que abordou o tema “Marketing do futuro: como entrar na mente do consumidor”.

Com conteúdos relevantes e atuais para os negócios, o seminário também aplicou a dinâmica de conexões empresariais. Os participantes foram envolvidos em quatro rodadas de aproximação e conhecimento: duas aleatórias, uma por afinidades e a última por segmentos de atuação (alimentos e bebidas; saúde, beleza e bem-estar; construção civil; e serviços).

Além de conectar pessoas e gerar oportunidades de negócios em nível regional, a realização dos seis seminários no Estado pretende formar uma rede estadual de mais de mil empresários. “Os participantes do seminário foram convidados após um trabalho de inteligência de dados feito pelo Sebrae. Fizemos uma análise criteriosa para identificar empresas com perfil arrojado e potencial de crescimento”, explica Cesar Giovani Colini, gerente da Regional Sul do Sebrae/PR.

A participação, segundo o gerente Cesar Colini, mostrou iniciativas inovadoras e as soluções do Sebrae/PR para atender às micro e pequenas empresas. Após os seminários regionais, o Sebrae/PR promoverá o Summit, nos dias 9 e 10 de outubro, em Curitiba. Walderes Bello, coordenadora estadual de Empreendedorismo do Sebrae/PR, esteve no evento em Francisco Beltrão e informa que são esperadas 1.500 empresas.

“O Summit é o expoente dos seminários regionais. Com grandes palestras e também apresentações rápidas, será voltado à inovação e ao relacionamento para novos negócios”, adianta Walderes.

Conexões
Além da dinâmica de conexões empresariais, a proposta de aproximar pessoas, divulgar ideias e gerar novas oportunidades no seminário utilizou também o Meu Sebrae, aplicativo para dispositivos móveis. A ferramenta ajudou a estabelecer vínculos que podem, no futuro, mostrar potencial para negócios.

Fonte: Assessoria