Crédito da foto: Assessoria Sebrae/PR
  • Compartilhe no Facebook

Crédito da foto: Assessoria Sebrae/PR

A edição 2015  da Semana Empresarial de Chopinzinho, no sudoeste do Estado, reuniu mais 700 pessoas somando a participação nas duas palestras e talk show do evento realizado neste mês de agosto,  no anfiteatro David Rogos Schmitz. Promovida pela Associação Comercial e Empresarial de Chopinzinho (ACEC) e o Sebrae/PR, a Semana Empresarial contou com o apoio da Prefeitura Municipal e da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Sudoeste do Paraná (Cacispar), levando informações e debates com temas pertinentes ao desenvolvimento de micro e pequenas empresas em Chopinzinho.

A programação iniciou no dia 11, com a palestra “Atitudes Empreendedoras” com Carlos Hilsdorf, economista, pós-Graduado em Marketing pela FGV, autor e consultor de empresas e pesquisador do comportamento humano. No dia 12, um talk show com lideranças e especialistas debateu com o público temas atuais, pertinentes ao desenvolvimento das empresas. Participaram o da programação o empresário e vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) – Claudio Petryscoski, Marcelo Percicotti – gerente de Fomento e Desenvolvimento do Sistema FIEP, Paulo Roberto Meinerz – consultor da Unicoob (Central Sicoob Paraná) e Gilcindo de Castro Corrêa Neto – consultor do Sebrae/PR.

Permeada em temas como crescimento, empreendedorismo, oportunidade, inovação e criatividade, a Semana Empresarial 2015 fechou sua programação com a palestra “Capacitação: Um processo constínuo”, com o professor Lievore, um dos palestrantes motivacionais mais renomados do País na atualidade.

O presidente da ACEC, Alvaro Dênis Ceni Scolaro destaca que a  Semana Empresarial é  um evento tradicional da entidade, onde sempre procura-se realizar uma programação adequada para os participantes com palestrantes de sucesso e com conteúdo aplicável.

“A avaliação do evento é muito satisfatória, pois conseguimos ir de encontro com a situação econômica do país e trazer uma visão diferenciada, mostrando que precisamos criar oportunidades, ter criatividade, fazer os ajustes necessários em nossas empresas para superarmos um momento transitório de desafios”, comenta Scolaro.

O líder empresarial cita como exemplo de diferencial, nesta edição, a  palestra com Carlos Hisldorf um dos principais palestrantes do Brasil, o talk show com vários especialistas que discutiram o cenário econômico atual, perspectivas e desafios e o encerramento que deixou uma mensagem de superação e motivação no potencial de cada um, através da palestra do Professor Liévore.

Scolaro destaca também que a parcerias da ACEC com o Sebrae/PR, realizadores do evento,  e apoio das entidades à Semana Empresarial 2015. “Tivemos uma grande participação no evento, vários empresários, colaboradores e acadêmicos tiveram a oportunidade de ter uma experiência incrível”, poderá Scolaro. Foram patrocinadores da Semana Empresarial de Chopinzinho – Sicoob, Delícia Café, Faculdade Pato Branco (Fadep), GarantiSudoeste, Prime, Tractebel e Union Contadores Associados. Apoiaram a iniciativa a Prefeitura de Chopinzinho e a Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Sudoste (Cacispar).

O consultor do Sebrae/PR, Ivonei Loregian, destaca que o resultado do evento, com a mobilização de empresários e equipes, será empreendimentos mais competitivos, motivados e melhor preparados para enfrentar o cenário econômico atual. “A Semana Empresarial disponibilizou conhecimento técnico e pessoal, levando conceitos e motivação para o setor empresarial de Chopinzinho. Isso fortalece a cultura empreendedorismo e reverte em avanços para as micro e pequenas empresas”, completa Loregian.

Para o empresário Felipe Pivatto Los, que acompanha todas as edições do evento, 2015 pode não ter sido o maior em participação, mas, na sua opinião, foi a edição que trouxe mais envolvimento da comunidade empresarial.

“Temas bons gerais e específicos, palestrantes de renome e debates produtivos envolveram a nossa cidade em torno da Semana Empresarial. No atual cenário é preciso manter os pés no chão, reestudar e aproveitar as oportunidades. Com certeza, quem participou saiu motivado e mais informado para esse momento vivido no País”, conclui Felipe.