Neste semana do Dia Internacional da Mulher, o Departamento de Jornalismo e  programa Show da Manhã destacaram a atuação feminina nos vários contextos sociais de Palmas. Foram feitas abordagens sobre direitos e responsabilidade da mulheres, orientações para as vítimas da violência; a prevenção em saúde e a ação da mulher em favor dos mais necessitados.

O comunicador Nilo Deitos, a partir das 09h00 da manhã, entrevistou no primeiro programa da série, as advogadas Karina Camargo Martins Lorenzet e Silmara Dias que falaram sobre os os direitos da mulher, sobre as formas de violência que sofrem seu dia a dia. Durante o programa orientação como devem agir ao sentir-se vítima de qualquer tipo de violação dos seus direitos.

O segundo programa foi destinado a prevenção em saúde. A coordenadora da Atenção Básica do Setor Público, Edilaura Gaspar da Silva, falou sobre a saúde da mulher, exames preventivos, auto-exame, e os cuidados básicos fundamentais para que a mulher esteja sempre saudável.

Nesta sexta-feira (10) a presença feminina foi das Irmãs Vicentinas que atuam nas comunidades da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do Bairro Lagão.  Irmãs, Tereza e Terezinha, falaram sobre as origens e atividades da congregação que já existe há 400 anos por carisma de São Vicente de Paulo. Destacaram o trabalho que fazem junto as mais de mulheres líderes que atuam na Pastoral da Criança, com mais de mil crianças cadastradas e também na Pastoral do Idoso.

Também relataram que Palmas foi contemplado com um projeto de combate a pobreza, a partir de uma pesquisa realizada que apontou a necessidade de qualificar as mulheres das comunidades que atendem. Mais de 20 mulheres estão sendo treinadas para atuar no ramo da costura. Outro assunto foi sobre a escolha e o apelo pela vida religiosa, e com isso,  a dedicação aos pobres.