O início da implantação da Unidade de Pronto Atendimento – Upa 24 Horas – programado para esta sexta-feira (12) foi transferido pela Prefeitura de Francisco Beltrão. O descumprimento do cronograma por parte de uma empresa terceirizada impossibilitou a conclusão da instalação do sistema de entrada de energia elétrica no prédio da unidade, serviço que deve estar concluído nos próximos dias.

“Temos uma data de término do serviço, mas, seguindo orientação da equipe técnica, vamos aguardar primeiro a conclusão de toda a instalação e o teste em equipamentos e máquinas para daí sim anunciar o início da operação da Upa”, explicou o prefeito Cantelmo Neto durante coletiva de imprensa no prédio da unidade.

A previsão é de que os atendimentos iniciem na próxima semana em caráter experimental até o dia 10 de julho, quando a Upa será oficialmente inaugurada. A ideia da Secretaria de Saúde é transferir os atendimentos do PA 24 Horas e adequar a rede de saúde do município ao novo serviço de urgência e emergência.

O adiamento na implantação da Upa não prejudicará o atendimento de paciente, segundo o dr. Rodrigo Silva, diretor do 24 Horas. “A transferência da data de abertura não implicará em perdas para os pacientes, que poderão continuar se deslocando até o Pronto Atendimento 24 Horas nos casos de urgência e emergência até que a implantação da Upa tenha início”, explica.