Por Evandro Artuzi 

Lideranças comunitárias e moradores da Cidade Norte participaram de uma reunião na noite desta terça-feira (25), no Colégio Estadual Tancredo Neves, para discutir os problemas da segurança pública e pedir providências. A reunião contou com a presença de membros da Administração Municipal, Delgado de Polícia, comandante da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Instituto de Criminalística. Cada representante fez uma explanação do que pode ser feito para auxiliar a comunidade, minimizando os problemas hoje enfrentados pelos moradores da Cidade Norte. A Polícia Militar, por exemplo, que atualmente conta apenas com um pequeno módulo de atendimento composto por uma equipe policial, poderá instalar na Cidade Norte a 1ª Companhia do 21º Batalhão, explicou o Capitão Vicente Carvalho Junior.

Ampliação dos serviços para a Cidade Norte também é umas das metas do Corpo de Bombeiros, a partir da elevação da Seção para a categoria de Subgrupamento Independente. Conforme o Tenente Genuíno Dalponte, com o aumento do efetivo na cidade e as parcerias, é possível reativar o Posto de Bombeiros.
A instalação de um Distrito da Polícia Civil também pode se tornar uma realidade na Cidade Norte, afirmou o Delegado Chefe da 19ª SDP, David Passerino. No momento, o único impedimento é a falta de efetivo da Polícia Civil.

A Companhia da Polícia Militar deverá ser instalada onde hoje funciona seu módulo de atendimento, junto ao Instituto de Criminalística, que está mudando de endereço. Segundo Gracieli Pereira, chefe da Seção Técnica de Francisco Beltrão, um novo local foi solicitado em virtude da presença de novos peritos e a necessidade da instalação de equipamentos para o desenvolvimento de suas atividades.
Todas as mudanças e melhorias estão recebendo total apoio da administração de Francisco Beltrão, garantiu o prefeito em exercício, Antonio Carlos Bonetti (PP). Segundo ele, tudo o que tiver ao alcance, será feito pela administração para melhorar a qualidade de vida dos moradores da Cidade Norte.

Os benefícios com a reestruturação da segurança pública em Francisco Beltrão, com melhorias para a Cidade Norte terão reflexos também nas escolas, garantiu a professora Maria Lurdes Bertani, diretora do Colégio Tancredo Neves. Segundo ela, educação e segurança caminham juntas no processo de formação de cada cidadão.

O apoio dos empresários da Cidade Norte também foi evidenciado durante a reunião. Tudo o que for necessário será feito, para que os moradores da Cidade Norte tenham mais tranqüilidade, afirmou o empresário Leocir Nezzi, o Cipó, presidente da Acinor.

OUÇA