Os recursos para construção da sede própria do Ministério Público da Comarca de Palmas, sul do Paraná, deverão ser contemplados no orçamento da Instituição para o próximo ano. O terreno de mais de mil metros quadrados foi doado pelo município ainda em 2009.

Ao responder solicitação desta redação sobre a sobre existência planejamento do órgão para a construção do espaço próprio para as promotorias da Comarca, a Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos, informou via assessoria, que está em fase de elaboração o orçamento institucional para 2017 e que a questão da sede de Palmas será discutida durante a elaboração da proposta.

No terreno de 1.157,96 m² na Rua Capitão Paulo de Araújo, recentemente foi colocada uma placa com o anúncio de que a área é destinada às futuras instalações das promotorias de Justiça da Comarca de Palmas.

A sede do Ministério Público, que atualmente funciona em espaço alugado no 4º andar do prédio do CPEA, será construída entre o Forum Eleitoral e a futura estrutura do Forum do Tribunal de Justiça do Paraná, ainda em fase de procedimentos para licitação. Próximo dali também  já está sendo edificada a sede da Justiça do Trabalho. Para abrigar todos os órgãos públicos o governo municipal adquiriu uma área de 6 mil metros quadrados.