Com objetivo de melhorar a qualidade de vida das famílias de agricultores, a administração municipal de Candói tem feito investimentos consideráveis no interior do município. Além do atendimento com o programa “Orçamento Participativo”, onde associações são beneficiadas com implementos, máquinas agrícolas e até mesmo equipamentos para os Centros Comunitários, também estão sendo desenvolvidos projetos nas áreas de piscicultura e apicultura.

A informação foi prestada pelo secretário de agricultura e pecuária, Darcy Picollo, durante entrevista à Extra FM, de Chopinzinho. Segundo ele, desde 2016 muitos agricultores estão sendo qualificados e receberam incentivos fiscais para construção de tanques (viveiros) para a criação de peixes (Tilápia). O secretário ressalta que foram construídos 30 tanques em 2017 e outros 30 esse ano, com previsão de concluir o mandato com 120 no total, ou seja, 30 tanques por ano.

Além disso, estão sendo oferecidos cursos de qualificação para que os piscicultores tenham noção do manejo dos peixes e da preparação do filé de Tilápia. A ideia, segundo o secretário, é montar um abatedouro no município ou na região, por isso estão sendo buscadas parcerias com outras prefeituras, a fim de fomentar a produção e a comercialização do pescado que tem um bom valor comercial. Dessa forma, as famílias envolvidas vão conseguir aumentar a renda da propriedade.

Apicultura

Na apicultura, Darcy Picollo, destaca que já estão envolvidos cerca de 20 produtores e a expectativa é de envolver outros até o final do mandato. A prefeitura está licitando para efetuar a aquisição das caixas para a acomodação das colmeias e a produção de mel.

Conforme ele, das espécies de abelhas estão sendo utilizadas no município, com e sem ferrão. “Estamos trabalhando com esses duas espécies, embora a preferência dos nossos apicultores seja pelo manuseio com as abelhas de ferrão. Até agora são poucos os que aderiram àquelas sem ferrão, apesar de que elas produzem um mal mais caro, que vale cerca de R$ 70 o quilo. Mas, em contrapartida é coletado apenas um quilo por ano, enquanto a produção das abelhas com ferrão é bem maior, talvez isso tenha chamado mais a atenção deles (apicultores)”, disse.

Informações sobre os dois projetos podem ser obtidos junto a Secretário Municipal de Agricultura. Para participar, basta que os interessados atendam aos requisitos da administração municipal.

Ouça a entrevista…