O Núcleo de Francisco Beltrão do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná efetuou prisão em flagrante, na terça-feira, 9 de julho, de duas pessoas investigadas por utilização indevida de máquinas da Prefeitura de Nova Prata do Iguaçu para fins particulares. Uma das pessoas presas é o secretário de Viação e Obras do Município, que fica no Sudoeste do estado.

A partir do recebimento de denúncia, foi constatado que as máquinas estavam sendo utilizadas em obras de infraestrutura em loteamento particular, que sequer possui licença de instalação. Além disso, também foram localizados máquinas e caminhões da prefeitura sendo usados para extração de cascalho em terreno próximo ao local, onde foi preso o secretário municipal, responsável pelas autorizações dos serviços.

Os detidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Salto do Lontra, onde foram autuados pelos crimes de peculato e de implantação irregular de loteamento. Ao secretário municipal também foi imputada a prática do crime de extração ilegal de reserva mineral. Os investigados permanecem presos à disposição da Justiça.

Fonte/foto: Assessoria MP/PR