A comissão que representa o setor da educação do bairro Padre Ulrico entregou ao secretário de Educação, Viro de Graauw, um requerimento com as principais prioridades da área para o bairro. Cinco representantes da comunidade se reuniram na Prefeitura para debater o documento com a Secretaria.

Entre as principais demandas está a construção de mais uma escola e de um Centro de Educação Infantil (CMEI), além de melhorias nas unidades já existentes e intensificação de projetos.  “É muito bom quando vemos a comunidade organizada desta forma para debater um assunto tão sério”, afirmou Viro, que dará prioridade aos projetos voltados à educação integral dos alunos do bairro.

Atualmente, o Padre Ulrico tem uma escola, a Sagrado Coração, com quase 800 alunos, 200 destes no ensino integral, além de dois CMEIs, o Diva Martins e Herbert de Souza, que juntos atendem 201 crianças.

Coordenada por Willian Amann, a comissão de educação é uma organização comunitária que debate o assunto e busca soluções. O grupo foi criado recentemente dentro de uma proposta da Associação de Moradores de segmentar temáticas de organização social para o bairro.