Francisco Beltrão está passando por dificuldades na contratação de novos médicos desde o início do ano. Seguindo os trâmites legais é necessário aguardar 30 dias da data de chamamento para constatar se o candidato irá ou não assumir. Desse modo, os postos dos bairros Jardim Itália, Luther King e Sadia, estão sem médicos.

A Secretária de Saúde Aline Biezus comenta que atualmente há falta de quatro médicos no quadro e vários são os motivos, “estamos passando por um período complicado, os médicos estão tentando fazer residência e normalmente a convocação saí nesse período. Dois profissionais saíram por conta de ter passado na residência, outros trocaram de local, de emprego, outros se mudaram”.

  • Compartilhe no Facebook

(Imagem Ilustrativa)

Ela destaca que oito médicos do concurso estão sendo chamados, um candidato a mais, de modo a suprir possíveis faltas, “mesmo assim os médicos não estão assumindo, muitos desses médicos do concurso já passaram em residência e foram para outros locais, outros não tem interesse de vir para Beltrão ou ainda estão no último ano da faculdade”.

A Secretaria inclusive, está entrando em contato com os médicos convocados, de modo que caso não haja interesse em assumir o cargo, assinem o quanto antes o termo de desistência.

A orientação é que caso a população necessite de consulta procurar a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) ou as unidades de referência, nos bairros Alvorada, Vila Nova e Cango (que conta com número quantitativo maior de profissionais médicos), que estão à disposição para atender essa população. “A gente não está medindo esforços para superar essa falta de profissionais nesses postos o quanto antes”, afirma.

Confira a entrevista na íntegra: